UOL Esporte Libertadores
 
27/04/2010 - 11h22

Ronaldo chega um dia antes, e Corinthians desembarca pela pista no Rio

Alexandre Sinato
No Rio de Janeiro

O Corinthians tomou todos os cuidados possíveis para proteger Ronaldo e o restante do elenco na chegada ao Rio de Janeiro. O camisa 9 chegou na noite da última segunda-feira, acompanhado do presidente Andrés Sanchez. Os demais jogadores e a comissão técnica desembarcaram na manhã desta terça-feira e não passaram pelo saguão do aeroporto Santos Dumont, pegando um ônibus ainda na pista.

A maior preocupação foi com Ronaldo. A conturbada relação do atacante com a torcida do Flamengo, adversário desta quarta pelas oitavas de final da Libertadores, fez a diretoria alvinegra tomar uma medida diferente da habitual. O Fenômeno viajou um dia antes para fugir das possíveis provocações prometidas pelos flamenguistas.

O atacante viajou com Andrés Sanchez e chegou ao Rio de Janeiro na noite de segunda. “Era importante o Ronaldo vir antes para evitar qualquer tipo de problema ou confusão no aeroporto e na porta do hotel”, comentou Roberto Carlos rapidamente ao entrar no hotel em Copacabana escolhido pelo clube.

O restante da delegação alvinegra desembarcou no Rio de Janeiro por volta das 10h desta terça. Um ônibus esperava os corintianos ainda na pista do aeroporto, evitando passar pelo saguão do aeroporto, onde estava apenas um segurança alvinegro. 

A movimentação no aeroporto e no hotel foi tranquila durante toda a manhã. Não havia torcedores do Flamengo esperando a delegação alvinegra. Nenhuma das provocações esperadas pelos corintianos aconteceu. No hotel, apenas um carro da polícia faz a segurança, mas o clima é de completa paz.

A equipe treina na tarde desta terça na sede do Botafogo, em General Severiano. Corinthians e Flamengo se enfrentam às 21h50 desta quarta-feira, no Maracanã, no primeiro duelo das oitavas de final da Libertadores. O segundo jogo acontece na próxima quarta, no Pacaembu.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host