UOL Esporte Libertadores
 
28/04/2010 - 01h21

Chivas estreia com goleada sobre o Vélez e fica perto das quartas de final

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Mesmo desfalcado de cinco titulares, à serviço da seleção mexicana que já se prepara para a Copa do Mundo, o Chivas Guadalajara estreou na Copa Libertadores de 2010 nesta terça-feira com uma importante vitória em casa por 3 a 0 sobre o Vélez Sarsfield, da Argentina. Os mexicanos podem perder por até dois gols de diferença no jogo de volta que ainda assim se classificam para as quartas de final da competição.

O Vélez, para seguir vivo na Libertadores, precisa vencer por quatro gols de diferença. Se fizer 3 a 0 na Argentina leva o jogo para os pênaltis. Três gols de saldo com o Chivas marcando uma vez fora de casa dá a vaga para os mexicanos.

Sétimo colocado no Clausura, o Vélez enfrenta na sexta o River fora de casa, sem ter ainda quaisquer expectativas na competição nacional que fecha a temporada argentina. Já o Chivas salva, pelo menos momentaneamente, o desempenho mexicano na Libertadores. As duas equipes de lá que disputaram a fase de grupos foram eliminadas e o San Luis, que, assim como o Chivas, entrou direto nas oitavas por causa da eliminação no ano passado, nesta fase, por conta do surto de gripe suína na México, estreou perdendo para o Estudiantes, também nesta terça-feira.

O jogo de volta entre Vélez e Chivas acontece na próxima terça-feira, em Buenos Aires, às 21h50, horário de Brasília.

O jogo

Aparentando seguir a sina dos mexicanos na atual fase da Copa Libertadores, com o desfalque de cinco titulares, o Chivas foi presa fácil para o Vélez nos primeiros minutos de partida. Foram os argentinos que criaram chances primeiro, com Papa e Morález.

O Chivas só cresceu depois dos 20min, e logo abriu o placar. Aos 25min, após boa jogada pela direita, Omar Bravo se antecipou à zaga, escorou o cruzamento de carrinho e marcou o primeiro dos mexicanos, que tinha um corredor na direita do ataque, nas costas de Otamedi.

O Vélez conseguiu equilibrar o jogo no segundo tempo e quase empatou aos 18min, quando Martínez cruzou, Sánchez cortou e Zapata, de fora área, pegou o rebote a arriscou uma bomba, no travessão, encobrindo o goleiro. Parecia que os argentinos chegariam ao empate, mas quem voltou a marcar foi o Chivas.

Em mais uma falha da defesa do Vélez, Omar Bravo recebeu sozinho no meio da área, a zaga ficou parada pedindo impedimento inexistente, e o camisa 17 cabeceou para o gol, ampliando a vantagem. Se a situação já estava ruim, piorou ainda mais aos 44min, quando Bravo invadiu a área, driblou Montoya, mas foi derrubado pelo goleiro, que foi expulso pela falta. Na cobrança do pênalti com Zapata improvisado no gol, Reynoso fez o terceiro.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host