UOL Esporte Libertadores
 
28/04/2010 - 10h39

Goiás aceita negociar Fernandão por valor 'bem menor' que a multa

Ana Luiza Rosa
Em São Paulo

O caminho do São Paulo para contratar o atacante Fernandão ficou mais fácil. Após o pedido de desligamento do Goiás feito pelo jogador no último sábado, a diretoria do clube de Goiânia já aceita negociar o atleta por um valor 'bem abaixo' da multa estipulada, que é de R$150 milhões.

“A partir de agora estamos colocando o Fernandão como um jogador negociável. Estamos esperando os contatos compatíveis com o nível do atleta, mas aceitamos negociar por um valor muito menor do que estipulado”, afirmou o presidente do clube, Syd de Oliveira, em entrevista ao UOL Esporte.

Apesar de ainda não ter recebido proposta oficial do clube do Morumbi, o mandatário se diz receptivo ao interesse do clube são-paulino, com o qual afirma não ter nenhum problema. “Não houve proposta oficial, mas estamos abertos a negociar com o São Paulo, se tiverem interesse. O Goiás tem muito respeito pelo São Paulo. Aceitamos negociar”, completou.

De acordo com o presidente, vários clubes, que ele preferiu não citar, já se pronunciaram sobre uma possível compra do atleta, inclusive times estrangeiros. Mesmo sem postura formal dessas equipes, o presidente acredita que o atleta vai iniciar o Campeonato Brasileiro, que começa dia 08 de maio, já em uma nova equipe.

“Acredito sim que tenha alguma decisão da situação do Fernandão antes do início do Campeonato Brasileiro. Pra nós, não há porque dificultar as coisas, não queremos ninguém contrariado. Mas queremos uma compensação pra isso”, disse.

Enquanto não acerta com outro clube, Fernandão continua os treinamentos com o Goiás e está à disposição do time, que só volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro. A estreia do clube será contra o Guarani, dia 09 de maio, em Campinas.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host