UOL Esporte Libertadores
 
28/04/2010 - 21h20

Presidente do Corinthians promete apenas 700 ingressos para Fla na volta

Alexandre Sinato e Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro

A diretoria do Flamengo não concedeu os 10% dos ingressos de praxe para a torcida visitante na partida desta quarta-feira contra o Corinthians, pela Libertadores. Foram aproximadamente 2.500 bilhetes. Desta forma, os dirigentes corintianos prometem “represálias” no confronto da volta.

No Rio de Janeiro para assistir ao jogo, o presidente Andrés Sanches avisou que só concederá 700 bilhetes para os torcedores flamenguistas para o duelo marcado para a próxima quarta-feira, no Pacaembu. Pouco mais de 37 mil entrada serão vendidas no total.

“Não reclamei de nada, mas vou agir da mesma forma. Nós recebemos 2,56% da carga total e vamos retribuir do mesmo jeito na próxima semana. É simples isso”, disse o mandatário corintiano.

O argumento da diretoria do Flamengo foi que o Maracanã comporta um número maior de torcedores - pouco mais de 67 mil - e, por isso, estaria dando mais ingressos para a torcida corintiana do que receberia na volta. Se disponibilizasse os 10% aos alvinegros, o Corinthians deveria ter por volta de seis mil aficionados nesta noite, contra os cerca de 2.500 que compraram suas entradas.

Para a partida de volta, ainda não se sabe quando os rubro-negros poderão comprar seus ingressos. No entanto, a venda para os corintianos já começou. Nas últimas 48 horas, os sócios do programa Fiel Torcedor, que já adquiriram ingressos para pelo menos 15 partidas, tiveram preferência. Cerca de duas mil pessoas efetuaram a compra.

Agora, todos os integrantes do Fiel Torcedor podem adquirir ingressos. Valores: R$ 55 (tobogã e arquibancada), R$ 250 (cadeira especial laranja), R$ 350 (cadeira descoberta) e R$ 650 (vip).
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host