UOL Esporte Libertadores
 
06/05/2010 - 12h01

Corinthians protege Ronaldo, mas alimenta espera 'sem fim' por evolução

Alexandre Sinato
Em São Paulo
  • Ronaldo soca parede no caminho para o vestiário após eliminação

    Ronaldo soca parede no caminho para o vestiário após eliminação

Com Corinthians classificado ou eliminado, boa parte dos holofotes no clube fica voltado para Ronaldo. Após a queda da equipe nas oitavas de final da Libertadores, diretoria e comissão técnica saíram em defesa do jogador e o elogiaram pela atuação na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo. No entanto, a “eterna” expectativa por um Fenômeno melhor continua.

Foi o que ficou claro nas palavras de Mano. O treinador aprovou o rendimento de Ronaldo, autor do segundo gol alvinegro. Mas em sua análise manifestou, mais uma vez, que espera mais do mais renomado e bem pago jogador do elenco.

“Sem dúvida nenhuma o Ronaldo teve dificuldades neste ano, mas hoje [quarta-feira], no momento decisivo, fez um bom jogo. Ele vai continuar melhorando para render mais”, projetou o comandante.

E a projeção de Mano não é novidade. Em 2010, foram incontáveis entrevistas coletivas com esse teor. Argumentos não faltaram. Pré-temporada forte, treinos específicos, semanas intensas de trabalho, evolução coletiva por melhores assistências... Ao fim da fase classificatória da Libertadores, o treinador apelou até para o “bom pressentimento”.

No entanto, passados quatro meses completos de treino, Ronaldo não apresenta a forma física que todos esperavam. Sua mobilidade ainda é bastante limitada. A eficiência em campo também pouco agrada: são seis gols em 16 jogos.

A atual temporada do atacante é tão decepcionante que ele chegou a ouvir vaias após a derrota para o Paulista, no Estadual. No mesmo dia, minutos depois, fez gesto obsceno para um grupo de torcedores e precisou emitir um comunicado oficial se explicando.

O presidente Andrés Sanchez já assegurou que Ronaldo não deixaria o time em caso de eliminação. E reforçou tal discurso na última quarta-feira, demonstrando apoio ao jogador que virou também um importante parceiro comercial do Corinthians.

“Muita coisa se joga em cima do Ronaldo por tudo que ele já fez. É lógico que ele jogou mal algumas vezes e bem em outras, mas sozinho ninguém ganha campeonato. Estou muito contente não só com o Ronaldo, mas com o elenco todo”, disse o mandatário.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host