UOL Esporte Libertadores
 
06/05/2010 - 08h06

Cruzeiro mantém média de um expulso por jogo fora de casa na Libertadores

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

No jogo em que alcançou a classificação às quartas de final da Copa Libertadores, o Cruzeiro voltou a ter um jogador expulso. O capitão Leonardo Silva recebeu cartão vermelho na vitória por 3 a 0 sobre o Nacional, na quarta-feira, em Montevidéu, e manteve média de um atleta expulso por partida como visitante na Copa Libertadores.

Na fase preliminar, o Cruzeiro enfrentou o Real Potosí, na Bolívia, com um jogador a menos desde o primeiro tempo. O meia Gilberto foi expulso aos 20min de jogo. Entretanto, o time celeste conseguiu segurar o empate em 1 a 1 na altitude de Potosí e, posteriormente, se classificar para a fase de grupos com goleada por 7 a 0 no Mineirão.

Já na primeira rodada da fase de grupos, Gilberto voltou a ser expulso. Logo a dois minutos de jogo, o experiente meia recebeu cartão vermelho na derrota por 2 a 0 para o Vélez Sarsfield, em Buenos Aires, o que lhe obrigou a cumprir dois jogos de suspensão na sequência da competição. Naquela partida, o zagueiro Gil também foi expulso no primeiro tempo, deixando a equipe com nove jogadores em campo.

A quarta expulsão ocorreu no empate em 2 a 2 diante do Deportivo Italia, em Caracas. Autor dos dois gols cruzeirenses, o atacante Kléber foi obrigado a deixar o campo mais cedo no segundo tempo.

Na quarta-feira, Leonardo Silva foi expulso aos 8min do segundo tempo. Depois de Coates, do Nacional, acertar um pontapé no goleiro cruzeirense Fábio, o capitão do Cruzeiro empurrou o jogador da equipe uruguaia, que também foi expulso. Devido ao cartão vermelho recebido, o zagueiro desfalcará a equipe celeste no primeiro jogo das quartas de final diante do São Paulo, no Mineirão.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host