UOL Esporte Libertadores
 
06/05/2010 - 09h07

De olho no São Paulo, Adilson não diz se vai poupar atletas contra Inter

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Adilson diz que precisa analisar algumas situações antes de definir time que enfrentará o Internacional

    Adilson diz que precisa analisar algumas situações antes de definir time que enfrentará o Internacional

O Cruzeiro estreará no Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, diante do Internacional, em Porto Alegre. Com um confronto contra o São Paulo, pela Copa Libertadores na próxima semana, o técnico Adilson Batista não quis adiantar se poupará jogadores na primeira rodada da competição nacional.

O treinador cruzeirense afirmou que teme ser cobrado pelo presidente do clube, Zezé Perrella, caso não leve a campo os seus principais jogadores no Brasileirão. “Vou ver o que o presidente vai falar. Se eu começar a mexer muito posso tomar dura”, disse.

O presidente cruzeirense respondeu dizendo que foi apenas uma brincadeira do treinador. “É brincadeira do Adilson. A gente tem liberdade. Ele é um dos treinadores mais qualificados do Brasil, sabe o que faz, por isso que está no Cruzeiro até hoje. A gente confia no trabalho dele”, afirmou.

Após a eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro diante do Ipatinga, Zezé Perrella disse que a equipe não pouparia jogadores no Campeonato Brasileiro enquanto estiver disputando simultaneamente a Libertadores. Em contrapartida, Adilson afirmou que a escolha por escalar reservas dependeria das circunstâncias de cada partida.

O treinador foi bastante criticado pela escalação de seis reservas na derrota por 3 a 1 para o Ipatinga, que decretou a eliminação do Cruzeiro nas semifinais do Campeonato Mineiro. A opção por poupar titulares gerou revolta nos torcedores, que a apontaram como um fator determinante para a queda no Estadual.

Embora ainda não saiba quem escalará diante do Internacional, neste domingo, Adilson já sabe que não contará com dois jogadores. “Contra o Internacional, eu tenho a ausência do Jonathan, que deve ser confirmada. O Roger tomou três jogos. Preciso aguardar o Leonardo”, comentou.

O lateral-direito Jonathan foi expulso na vitória por 2 a 1 sobre o Santos, na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, e deve cumprir suspensão. Naquela partida, o zagueiro Leonardo Silva recebeu o terceiro cartão amarelo. O departamento jurídico do clube aguarda a manifestação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a respeito do pedido para converter em medida de interesse social a pena dos dois jogadores.

Já o meia Roger foi punido com três jogos por ter escondido um rádio atirado em campo por um torcedor do Grêmio, na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, quando defendia a equipe gaúcha. Ele recebeu três partidas de suspensão por atitude antidesportiva, mas, como foi negociado com o futebol do Catar na sequência, não cumpriu a pena.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host