UOL Esporte Libertadores
 
12/05/2010 - 17h55

Contratado pelo Inter, Tinga é recebido com festa em Porto Alegre

Daniel Cassol
Em Porto Alegre
  • Volante Tinga é recebido e festejado por torcedores do Inter ao chegar em Porto Alegre nesta quarta

    Volante Tinga é recebido e festejado por torcedores do Inter ao chegar em Porto Alegre nesta quarta

Três anos, oito meses e 24 dias depois de deixar o Inter rumo à Alemanha, com o título de campeão da Libertadores de 2006 na bagagem, o volante Paulo César Tinga está de volta ao Beira-Rio. Ele desembarcou em Porto Alegre na tarde desta quarta e foi recebido por cerca de 150 colorados, que não se intimidaram com o dia chuvoso e fizeram a festa para dar boas vindas ao ídolo.

Devido à grande concentração de torcedores, que carregavam bandeiras e instrumentos musicais, a saída de Tinga teve de ocorrer pela pista do Aeroporto Salgado Filho. Por volta das 16h40, o portão lateral se abriu e o volante foi imediatamente cercado pela torcida. Tinga recebeu presentes, pôs um chapéu do Inter, deu alguns autógrafos e voltou para o interior do aeroporto, de onde saiu no banco de trás de um carro, que sacudia pela empolgação dos torcedores.

"Quando saí daqui, saí um dia após a grande conquista e não deu tempo de sentir isso. Agora estou sentindo aquilo que gostaria de ter sentido quando saí. É uma emoção diferente de qualquer outra", afirmou o jogador.

Aos 32 anos, Tinga assinará contrato com o Inter até o final de 2012. O volante será um substituto de luxo para Sandro, que vai para o Tottenham, da Inglaterra, após a participação do Inter na Libertadores. Caso o time passe para as semifinais, Tinga poderá até mesmo ser inscrito na competição continental.

Revelado no rival Grêmio, Tinga chegou ao Internacional em 2005, depois de passagens pelo Kawasaki Frontale, do Japão, Botafogo e Sporting, de Portugal. Em sua trajetória no Inter, foi protagonista de dois momentos cruciais na história recente do clube: o pênalti não marcado pelo árbitro Márcio Rezende de Freitas na partida contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro de 2005, e o gol que garantiu o título da Libertadores de 2006, no empate com o São Paulo no Beira-Rio. No dia 18 de agosto de 2006, um dia após a final da Libertadores, Tinga embarcou para a Alemanha, onde se tornou ídolo do Borussia Dortmund.

Tinga concederá uma entrevista coletiva na manhã de sexta, no Beira-Rio. O jogador passará pelos exames médicos de rotina, assinará contrato e só então será apresentado oficialmente pelo clube.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host