UOL Esporte Libertadores
 
26/07/2010 - 15h40

Edema muscular afasta Tinga do primeiro jogo contra o São Paulo

Daniel Cassol
Em Porto Alegre
  • Jogador sentiu desconforto muscular no primeiro tempo do jogo contra o Flamengo no domingo

    Jogador sentiu desconforto muscular no primeiro tempo do jogo contra o Flamengo no domingo

O departamento médico do Inter diagnosticou nesta segunda um edema muscular na coxa direita do meia Tinga. Caso o jogador tenha condições legais para disputar a semifinal da Libertadores nesta quarta, ele não estaria liberado pelos médicos do clube.

O jogador sentiu um desconforto muscular na coxa direita aos 20 minutos da partida contra o Flamengo neste domingo, no Beira-Rio. De acordo com o médico do Inter, Paulo Rabello, Tinga não falou nada sobre a dor e seguiu jogando.

Na manhã desta segunda, o jogador realizou exame de ressonância magnética. O resultado apontou um edema muscular, lesão considerada leve. O jogador deve ter condições de jogo no final de semana, mas não poderia atuar nesta quarta.

“Seria muito pouco o tempo para recuperação, então acredito que ele não tenha condições para jogar na quarta-feira. Mas no final de semana sim”, explicou o médico Paulo Rabello. Tinga fará um trabalho específico nesta segunda e passará a treinar normalmente ao longo da semana.

Enquanto isso, a direção do Inter segue tentando reverter a suspensão do jogador devido à expulsão ainda na final da Libertadores de 2006, contra o mesmo São Paulo, no estádio Beira-Rio. Naquele jogo, Tinga foi expulso na comemoração de seu gol, o segundo do Inter. A direção do Inter tenta junto à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) reverter a suspensão em multa, já que se passaram quase quatro anos da partida.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host