UOL Esporte Libertadores
 
05/08/2010 - 09h01

Sandro e Hernanes tentam adiar despedida do futebol brasileiro

Carolina Araújo, Rodrigo Mattos e José Maschio
Da Folhapress
Em São Paulo

Apesar de estarem em lados opostos, dois jogadores viverão situação idêntica nesta quinta-feira à noite. O colorado Sandro e o são-paulino Hernanes buscam adiar suas despedidas do futebol brasileiro. O meio-campista do Internacional foi vendido ao Tottenham, da Inglaterra, e se despede do time gaúcho ao final desta Libertadores.

A mesma situação vive Hernanes. O volante, que se tornou o cérebro do São Paulo nas últimas quatro temporadas, está com sua ida acertada para a italiana Lazio. O São Paulo ainda não anunciou oficialmente a negociação, mas Hernanes deve ir para a Itália após o encerramento da participação são-paulina no interclubes.

E, além de atuarem em clima de despedida de seus times, Hernanes e Sandro vivem um dilema comum. A classificação para a decisão da Libertadores retira um dos dois jogadores do primeiro jogo da seleção brasileira após o fracasso na Copa da África do Sul. Na terça-feira, o Brasil enfrenta os EUA, em amistoso em Nova Jersey.

Quem sair vitorioso nesta quinta, entre Sandro e Hernanes, terá o nome riscado da primeira lista de Mano Menezes. Será desconvocado e liberado para o primeiro confronto da final da Libertadores, contra o Chivas, na quarta-feira.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host