UOL Esporte Libertadores
 
08/08/2010 - 11h14

Inter luta contra histórico de algozes do São Paulo na Copa Libertadores

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre

Em contraponto a todos os fatos aleatórios elencados pela torcida do Inter, comparando 2010 com 2006, o time de Celso Roth vai ir de frente ao histórico recente de insucessos daqueles que eliminaram o São Paulo na Copa Libertadores nos últimos anos. De 2007 para cá, toda a equipe que elimina os paulistas acaba no segundo lugar. Caso do Grêmio, Fluminense e Cruzeiro.

Do outro lado da estatística está mais uma “vantagem” para os mexicanos do Chivas. No mesmo período, todo o time que passou pelo Libertad, do Paraguai, levantou a taça. Coincidências negativas para o time de Celso Roth, que está em sua primeira final sul-americana depois de 13 anos de carreira.

Grêmio começou o ‘azar’

Em 2007, o Boca Juniors tirou o Libertad nas quartas de final, com um empate de 1 a 1 e vitória de 2 a 0. No mesmo torneio, o Grêmio bateu o São Paulo nas oitavas e foi vencido pelos argentinos na decisão, tanto em Buenos Aires como em Porto Alegre.

Um ano mais tarde, foi a vez do Fluminense despachar os são-paulinos. Nas quartas de final, os cariocas perderam a primeira, 1 a 0, mas garantiram o seguimento vencendo o jogo da volta por 3 a 1. Nesta edição, a LDU, vitoriosa no final, bateu o Libertad por 2 a 0 em casa e perdeu fora por 3 a 1, ainda na fase de grupos.

Em 2009, a história se repetiu e mais uma vez o São Paulo caiu fora, nas quartas, para um brasileiro: o Cruzeiro, que venceu no Mineirão por 2 a 1 e ganhou também no Morumbi, 2 a 0. Já o Estudiantes, eliminou o Libertad, nas oitavas de final com 3 a 0 na Argentina e um empate no Paraguai.

2010 confirma o caso

Na atual edição da Copa Libertadores, o Chivas venceu o Libertad, nas quartas de final, com a vantagem obtida no México: 3 a 0. Na partida de volta levou dois e avançou. O Internacional despachou o São Paulo na semi, ganhando em Porto Alegre, com gol de Giuliano, e perdendo por 2 a 1 no Morumbi.

Ampliando em mais um ano, o próprio Inter confirma a coincidência. Em 2006, o time gaúcho ganhou a final do São Paulo depois de bater o mesmo Libertad, então time de Guiñazu, na semifinal, depois de um 0 a 0 no Paraguai e 2 a 0 no Beira-Rio.

Inter e Chivas começam a decidir a Libertadores na quarta, em Guadalajara, às 21h50min. O segundo jogo acontece em Porto Alegre, no dia 18 de agosto.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host