UOL Esporte Libertadores
 
16/08/2010 - 13h53

Em vantagem, Inter reforça cautela para final da Libertadores

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre

Mesmo com a vantagem da vitória fora de casa no primeiro jogo na final da Libertadores, o Internacional é todo cautela para a decisão contra o Chivas no Beira-Rio, às 22h de quarta-feira. Nesta segunda, os jogadores reforçaram o discurso precavido e enalteceram as qualidades do adversário mexicano.

“Sabemos que o time deles não está morto. Desde o final do jogo no México tomamos consciência de que precisaremos marcar forte, porque o Chivas tem qualidade”, disse o lateral-esquerdo Kleber, lembrando que o Chivas eliminou a Universidad do Chile em Santigado, após empatar no México.

O Inter já havia montado uma operação contra a euforia quando a delegação voltou a Porto Alegre na última sexta, após a vitória de 2 a 1 sobre o Chivas, em Guadalajara. Em comum acordo entre direção, comissão técnica e jogadores, o Inter evitou a torcida no aeroporto e cancelou a recepção que estava sendo organizada no Beira-Rio.

“Nós não podemos ficar tranquilos em campo. Esta não é a palavra certa. É necessária atenção total em uma final", reforçou o goleiro Renan.

Na manhã desta segunda, o técnico Celso Roth comandou o penúltimo treino antes da final de quarta-feira. Tinga, Sandro, Guiñazu e Alecsandro estão no departamento médico e devem ser testados nesta terça.

O risco de desfalques fez que o Inter aumentasse ainda mais o tom cauteloso do discurso. O goleiro Renan alertou para a necessidade de manter a marcação forte sobre o Chivas. “No México conseguimos marcar bem as jogadas do Bravo e do Bautista. Agora temos que repetir essa receita e neutralizar esses dois jogadores”, afirmou.

Já o lateral-esquerdo Kleber revelou que o Inter espera os mexicanos no ataque. “Acreditamos que o Chivas vai para cima desde o início. Esperamos uma partida mais difícil do que foi no México. O Chivas tem jogadores de qualidade, por isso precisamos enfrentá-los com o maior respeito. Se repetirmos aquilo que fizemos no México, as condições serão favoráveis para nós”, destacou.

Mobilizado para a final, os jogadores entram em regime de concentração às 18h30 desta segunda. Na tarde de terça, Celso Roth comanda o último treino antes da final.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host