UOL Esporte Libertadores
 
Daniel Cassol/UOL

Horas antes da partida, o estádio já está parcialmente tomado pelos torcedores

18/08/2010 - 18h35

Beira-Rio abre mais cedo, e colorados começam a lotar estádio para decisão

Daniel Cassol
Em Porto Alegre

A direção do Inter decidiu antecipar em uma hora a abertura dos portões do estádio Beira-Rio para a decisão da Libertadores. Às 17h30, o Beira-Rio foi aberto e, 30 minutos depois, o público já era bom, de pelo menos 10 mil pessoas.

Para evitar problemas no trânsito antes da partida, a direção já havia decidido antecipar para as 18h30 o horário da abertura dos portões do Beira-Rio, uma hora antes do que ocorreu na semifinal contra o São Paulo. Mas o grande movimento de torcedores ainda no começo da tarde desta quarta-feira fez com que a direção abrisse o Beira-Rio às 17h30.

As filas de torcedores se formaram desde o início da tarde. Munidos de cadeiras, jogos de cartas e chimarrão, muitos colorados esperaram quase dez horas no estacionamento para entrar no Beira-Rio. O estádio estará lotado para a decisão da Libertadores, entre Chivas e Inter, a partir das 22h, com acompanhamento do Placar UOL.

Horas antes da decisão, também era grande o movimento de cambistas negociando carteiras de sócio. Ouvidos pelo UOL Esporte, dois deles disseram que estavam conseguindo até R$ 500 pelas carteiras. Diversos cambistas agiam no estacionamento do Beira-Rio, sem serem importunados pela Polícia Militar.

Com capacidade para 56 mil torcedores, o Beira-Rio não comporta os cerca de 108 mil sócios do Inter. Dias antes da partida, torcedores que possuíam carteiras de sócio as 'alugavam' por valores em torno de R$ 500.

Inter e Chivas decidem o título da Libertadores às 22h desta quarta, no Beira-Rio. A vantagem do empate é do Inter, que no México bateu o Chivas por 2 a 1.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host