Ronaldinho Gaúcho comemora feito inédito no futebol mundial

Bernardo Lacerda

DO UOL, em Belo Horizonte

Com o título da Libertadores, conquistado na noite de quarta-feira, no Mineirão, Ronaldinho Gaúcho é o único jogador da história do futebol mundial a ser campeão da Copa do Mundo, Libertadores e Liga dos Campeões, além de ter sido ganhador da Bola de Ouro, como melhor atleta do mundo.

Ronaldinho Gaúcho conseguiu o título da Copa do Mundo pela seleção brasileira em 2002, sob comando de Luiz Felipe Scolari. Já a conquista da Liga dos Campeões aconteceu pelo Barcelona na temporada  2005/2006. Ele foi eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005.

A conquista da Libertadores veio na quarta-feira, com a vitória nos pênaltis sobre o Olimpia, após triunfo no tempo normal, por 2 a 0, no Mineirão. Na competição internacional, o meia-atacante foi um dos grandes nomes do Atlético, marcando quatro gols e dando nove assistências para gols.

O camisa dez atleticano foi eleito duas vezes melhor do mundo quando atuava pelo Barcelona, clube em que viveu seu melhor momento na carreira. "Voltei para o Brasil para conquistar o que eu não tinha conquistado, e quando conquista é a sensação de trabalho realizado", destacou.

Com o título da Libertadores, o camisa dez conquistou outra importante marca história e se tornou o quarto jogador brasileiro a ser campeão da Libertadores, Liga dos Campeões e Copa do Mundo. "Título maravilhoso, aqui é Galo, vamos comemorar", disse o jogador.

Dois dos três atletas que conseguiram tal façanha em suas carreiras, já se aposentaram, Roque Júnior e Cafu, enquanto o  goleiro Dida segue em atividade e atualmente veste as cores do Grêmio. Os três conseguiram os títulos das duas competições internacionais de clubes e do principal torneio entre seleções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos