Topo

Futebol


Organizada protesta contra SP: "Se não ganhar, não volta para o Brasil"

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

2015-03-30T16:23:42

30/03/2015 16h23

A vitória por 3 a 0 em cima do Linense no último fim de semana, pelo Campeonato Paulista, não acalmou a principal organizada do São Paulo. A Independente promoveu mais um protesto contra o time. Desta vez, a manifestação ocorreu na porta do centro de treinamento na Barra Funda, minutos antes do treino começar, na tarde desta segunda-feira (30).

Depois de gritarem alguns cantos de apoio (veja no vídeo abaixo), inclusive a Muricy Ramalho, a organizada passou a dar gritos de ordem: "Fome, sede e frio. Se não ganhar, não volta pro Brasil", avisavam eles.

O protesto teve a presença de cerca de 50 torcedores que estavam a caminho da Argentina para acompanhar o jogo contra o San Lorenzo, às 19h45 (de Brasília), em Buenos Aires. A Polícia Militar também esteve no local para acompanhar a movimentação. Três viaturas do Choque entraram no CT. 

De acordo com a organizada, três ônibus de torcedores enfrentarão a viagem de 40 horas até o estádio para apoiar o time, que tem seis pontos em nove possíveis. 

No último fim de semana, a Independente também já havia protestado na porta do Morumbi, na entrada da delegação para a partida contra o Linense, dias depois da equipe perder por 3 a 0 para o Palmeiras, no Allianz Parque. 

Mais Futebol