Grêmio molda atacante para Libertadores com alerta contra firula

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio FBPA

    Everton está sendo preparado para encarar a Libertadores, mas dosa firulas

    Everton está sendo preparado para encarar a Libertadores, mas dosa firulas

Everton tem tudo para começar a Libertadores como titular do Grêmio. Mas para isso precisa deixar alguns caprichos de lado. Dado a lances de efeito, o jogador tem sua capacidade de drible dosada pelo comando técnico. Menos firulas em locais pouco produtivos é a ordem recebida por ele. 

Até porque a Libertadores é um campeonato que tem por característica o embate físico. Nem toda entrada é considerada falta. Everton poderia driblar, sofrer, e não ter nada marcado. Ainda mais em zonas do campo em que perder a bola pode significar ataque para o adversário.
 
Foi assim no segundo tempo do duelo com o Brasil de Pelotas, no último domingo. Everton tentou uma 'caneta', perdeu a jogada e por pouco o lateral Wender não marcou para o time da zona sul do Estado. "Eu tentei uma jogada de efeito e acabei perdendo. Vou ouvir uma bronca, eu sei. Mas fica o aprendizado", disse depois do jogo. 
 
E o técnico Roger Machado fez exatamente isso. Falou que cobrará Everton e que a busca é por controlar lances deste tipo. 
 
"Ele fez uma bela partida, com exceção à caneta que tentou dar para trás, foi improdutiva e não pod acontecer. Estes meninos pegam confiança a cada jogo que vão bem. É sempre importante colocar em campo de novo. Eu sempe digo que eles me fazem escalar novamente. É só provar que estão prontos", explicou.
 
Desde as categorias de base que o Grêmio trabalha para conter o excesso de dribles de Everton. Já no profissional, Enderson Moreira, Felipão e agora Roger, todos dedicaram treinamentos para explicar ao jogador o momento certo de mostrar toda sua habilidade. 
 
"É um jogador com muita habilidade, que precisa ter o discernimento do momento certo de tentar o drible ou fazer o passe e buscar o melhor posicionamento", avaliou o atual técnico gremista em outra oportunidade. 
 
"É uma característica muito forte do Everton tentar o drible. Não dá para tirar isso dele. Só é preciso ele ver onde vai usar esta característica, porque tem muita qualidade. Já na base víamos isso de uma forma bem clara", explicou o diretor das categorias de base gremista, Júnior Chávare. 
 
O alerta contra firulas acontece para Everton ao mesmo tempo que os elogios surgem por suas boas atuações neste ano. O jogador é o goleador na atual temporada com dois gols, um no amistoso diante o Danubio e outro diante do Brasil de Pelotas. 
 
E a concorrência tende a crescer. O Grêmio trabalha para anunciar até a próxima semana o meia-atacante Josef Martinez, do Torino, que disputa o mesmo local no gramado. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos