Pedida do Torino é último empecilho do Grêmio para contratar Martinez

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Torino

    Josef Martinez, atacante do Torino, negocia com o Grêmio por empréstimo

    Josef Martinez, atacante do Torino, negocia com o Grêmio por empréstimo

Restam poucas barreiras para o Grêmio superar no objetivo de contratar o venezuelano Josef Martinez. Com salários dentro da realidade do clube, o meia-atacante de 22 anos depende apenas da liberação do Torino. Porém, o clube pretende um valor considerável para ceder seu empréstimo. 

Martinez tem atuado regularmente pelo clube. Jogou no último final de semana, por exemplo. Agora, com o empréstimo do centroavante Quagliarella para a Sampdoria, ele poderia ter ainda mais participação no time, mesmo após a chegada de Ciro Immobile. 
 
A reportagem do UOL Esporte apurou detalhes do eventual negócio. Martinez ganha próximo de R$ 127 mil mensais na Itália. Considerando um pequeno aumento, entraria facilmente na folha de pagamento gremista, cujo teto para novos contratos passa dos R$ 150 mil. 
 
Porém, o presidente do Torino, Urbano Cairo, não abre mão de uma pedida alta para liberar o atleta por empréstimo de um ano. Ao menos 350 mil euros (R$ 1,5 milhões) estariam envolvidos no negócio. 
 
O Grêmio não admite fazer oferta acima do patamar financeiro já estabelecido. Está, contudo, inclinado a agilizar o processo para ter o venezuelano. Internamente o clube acredita que se optar por subir um pouco o já ofertado poderá fechar com o jogador. 
 
O River Plate também manifestou interesse em contar com o jogador, segundo a imprensa italiana. Josef Martinez começou no Caracas e passou por Young Boys e Thun, na Suíça, antes de chegar ao Torino. 
 
"Se tiver que dar certo, vai dar certo. Não deu certo até agora, mas ainda pode acontecer", disse o vice de futebol do Grêmio, Cesar Pachaco, à Rádio Guaíba. 
 
O clube brasileiro trabalha para reduzir a pedida dos italianos e quer resolver isso o quanto antes. Por conta do feriado de Carnaval, Martinez teria que conseguir visto de trabalho e ter contrato publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até dia 15 para ele poder estar na relação de inscritos na fase de grupos da Libertadores. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos