Presença do Atlético-MG na Libertadores faz patrocinador ajudar com Robinho

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thomas Peter/Reuters

    Robinho disputou o último Mundial de Clubes, pelo Guangzhou Evergrande, da China

    Robinho disputou o último Mundial de Clubes, pelo Guangzhou Evergrande, da China

Um dos atrativos para o Atlético-MG contratar o atacante Robinho é a presença do clube pela quarta vez consecutiva na Copa Libertadores. Um dos candidatos ao título do torneio continental, o clube mineiro tenta reforçar o elenco antes do começo da fase de grupos, que para o Atlético acontece no próximo dia 17.

E é justamente essa participação na principal da América do Sul que faz o Atlético ter um importante aliado na contratação de Robinho. A Dryworld Industries, nova fornecedora de material esportiva do clube, também negocia com o jogador, que se tornaria o garoto-propaganda da marca canadense que entrou no mercado brasileiro somente neste ano.

Além do Atlético, a Dryworld já acertou com Fluminense, Goiás e Santa Cruz. No entanto, a presença dos mineiros na Copa Libertadores em 2016 pesou para que a equipe alvinegra tenha prioridade nas ações da empresa e mais incentivo financeiro. Pois além do Brasil, uma boa campanha do Atlético na Libertadores pode divulgar a marca canadense para os demais países da América do Sul. Algo que está no planejamento dos executivos canadenses.

Jogador de duas Copas do Mundo e com passagens por clubes de grande apelo de mídia na Europa, como Real Madrid e Milan, Robinho é visto como uma figura perfeita para estampar a marca da Dryworld nos primeiros meses de operação no futebol nacional. A negociação está em estágio bastante avançado, mas o contrato ainda não foi assinado, como apurou o UOL Esporte.

A proximidade do acerto entre Dryworld e Robinho é vista como uma vitória pelo Atlético. Sinaliza que o acerto do clube com o atacante está cada vez mais próximo e real. "Um passo importante", resumiu uma fonte do Atlético que também garantiu não existir nenhum contrato assinado, pelo menos por enquanto.

Como o assunto Robinho vazou e não é mais sigilo, algo que até emperrou um pouco as negociações, o técnico Diego Aguirre foi perguntado sobre a possibilidade de contar com o atacante. Assim como em outros casos, o treinador elogiou o jogador, as evitou dar detalhes sobre como estão as conversas.

"O Robinho é um grande jogador, mas só posso dizer a mesma coisa que disse sobre os nomes que já foram perguntados nas vezes anteriores. Tento não falar de ninguém, já escutei mais de dez nomes. Seguramente o Atlético conversa com Robinho e mais alguns, mas prefiro comentar apenas quando estiver com o contrato assinado. Certo é que o Robinho é um craque".

Para contar com Robinho na fase de grupos da Libertadores, o Atlético precisa ser rápido. O acerto tem de acontecer nos próximos dias, para que o atacante esteja inscrito no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até o dia 16 de fevereiro e possa fazer parte da lista dos 30 jogadores relacionados para o torneio continental.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos