Treino, tempo e cardápio brasileiro: A estratégia do Grêmio contra altitude

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Goleiros do Grêmio receberão atenção especial em treinamentos no México

    Goleiros do Grêmio receberão atenção especial em treinamentos no México

O Grêmio desembarcou em Toluca na noite de sábado. E joga apenas na quarta-feira à meia-noite (horário de Brasília) contra o time local pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. E a viagem antecipada inicia a estratégia contra os efeitos dos 2.667 metros acima do nível do mar da cidade mexicana. 

Não será a maior dificuldade imposta pela altitude no grupo 6 da Libertadores. Quito fica mais de 200 metros acima. No entanto, o projeto de aclimatação teve início logo nas primeiras horas. 
 
Descanso para recuperar-se da viagem e treinamentos. Serão, ao todo, três. O primeiro já aconteceu na noite deste domingo, pelo horário brasileiro. Outro na segunda e um na véspera do jogo fecharão a série de atividades. Os locais escolhidos para os trabalhos são uma universidade e o campo do jogo. 
 
"Eu já fui antes, 15 dias antes, uma semana antes, no dia, na véspera... E pela minha experiência, além de uma série de estudos já feitos, acredito que quanto antes, melhor", explicou o técnico Roger Machado. 
 
No hotel que servirá como base para o Tricolor, cardápio especial para os jogadores. Em vez da apimentada comida mexicana, arroz, feijão, carne, saladas, tudo que os atletas encontram no Centro de Treinamentos Luiz Carvalho, em Porto Alegre. A opção do comando técnico foi não alterar o cardápio oferecido para evitar qualquer efeito adverso. 
 
Em campo, trabalho especial para os goleiros. Marcelo Grohe, Bruno Grassi e Léo têm atenção especial pela velocidade da bola. Além das trocas de passes rápidos, principal característica do time, também sofrerem pelos efeitos do ar rarefeito. Tudo será orientado para amenizar o prejuízo. 
 
Além, é claro, da condição física. Jogadores que possuem capacidade inferior dificilmente permanecerão em campo no segundo tempo. Douglas, por exemplo, não deve terminar o jogo. Com idade avançada e ainda entrando na melhor forma, o camisa 10 deve dar lugar a Lincoln durante a partida. 
 
Giuliano, que se recupera de lesão, é a principal dúvida para a partida. O meia voltou a sentir dores na derrota por 2 a 0 para o São José, na última sexta, pelo Gauchão. Além do Toluca, o Grêmio terá pela frente LDU e San Lorenzo nesta chave. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos