Gabriel Jesus aceita reserva e lamenta empate: 'Deixamos escapar a vitória'

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras esteve perto de vencer o River Plate-URU na estreia da Libertadores, mas cedeu o empate duas vezes para a equipe dono da casa. Após a partida, Gabriel Jesus, autor de um dos gols, lamentou o resultado e disse entender a escolha do técnico Marcelo Oliveira de colocar Erik no time, porque "não estava merecendo ser titular" .

"Foi um jogo que controlamos bem, tivemos mais posse de bola. Infelizmente deixamos cair e tomamos dois gols que precisam ser conversados. Não é fácil jogar fora do Brasil. Deixamos escara a vitória duas vezes, mas vamos voltar com a cabeça erguida. Tem de trabalhar forte para conseguir a primeira vitória", disse o atacante à Fox Sports.

Gabriel começou a partida no banco de reservas e entrou no time após o intervalo. De acordo com o camisa 12, o fato foi encarado com normalidade, pois ele merecia mesmo ter saído da equipe alviverde.

"O Marcelo é gente final, uma bela pessoa, não faz sacanagem com ninguém. Assim como no ano passado, quando ganhei a vaga do Rafael Marques. Ele optou por começar com Erik. Eu não estava merecendo mesmo ser titular", afirmou.

O treinador modificou o esquema tático do Palmeiras para a estreia na Libertadores. O time atuou com três volantes (Thiago Santos, Arouca e Jean), com dois atacantes abertos (Dudu e Erik) e um centroavante (Barrios).

O Palmeiras volta a campo pela competição no dia 2 de março para enfrentar o Rosario Central-ARG como mandante. O time argentino, por sua vez, estreia na Libertadores diante do Nacional-URU nesta quinta-feira, em casa. Já a próxima partida do time paulista será contra o Santos, no sábado, pela quinta rodada do Paulistão.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos