Corinthians faz gol no fim e vence em estreia pela Libertadores no Chile

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians teve pouca inspiração, mas saiu do Chile com uma vitória por 1 a 0 no apagar das luzes nesta quarta-feira. O jogo, aliás, foi paralisado por 15 minutos por falta de iluminação.

Um gol contra marcado por Escalona, nos acréscimos, valeu três pontos para a equipe de Tite na visita ao Cobresal-CHI. O Estádio El Cobre presenciou uma partida de baixo nível técnico, mas com emoção nos instantes finais em meio ao deserto do Atacama e 2500 mil metros de altitude. Tal qual em 2012, quando foram campeões, os corintianos fizeram no fim. 

Com gramado e iluminação ruins, além de uma equipe extremamente aguerrida e bem organizada, o time chileno valeu caro o resultado para o Corinthians. Com fôlego até o fim e as entradas de Giovanni Augusto, André e Willians, o time de Tite foi ao ataque nos últimos minutos e foi premiado pela sorte. Já no fim. Lucca, o mais lúcido do time brasileiro, fez bom lance pela ponta direita e contou com um vacilo do defensor da equipe da casa, que colocou contra as próprias redes. 

O gol teve importância também para a classificação do Grupo 8. Com três pontos, o Corinthians já salta à frente de Cerro Porteño e Independiente Santa Fe-COL, que empataram na estreia terça-feira. 

FICHA TÉCNICA

COBRESAL-CHI 0 x 1 CORINTHIANS
 
Local: Estádio El Cobre, em El Salvador (Chile)
Data: 17 de fevereiro de 2016, quinta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)
Assistentes: Gabriel Popovits e Mauricio Espinosa
Cartões amarelos: Sarabia, Grbec, Bruno Henrique e Rodriguinho
Gol: Escalona (contra), aos 45min do segundo tempo
 
COBRESAL: Sebastián Cuerdo; Patricio Jerez, Alexis Salazar, Miguel Escalona e Alejandro López; Rodrigo Ureña, Victor Hugo Sarabia, Johan Fuentes e Nelson Sepúlveda (Pablo González); Jonathan Benítez (Oyaneder) e Javier Grbec (Ever Cantero). Treinador: Dalcio Giovagnoli
 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Romero (Giovanni Augusto), Elias (Willians), Rodriguinho e Lucca; Danilo (André). Treinador: Tite

Fases do jogo

  • Primeiro tempoGramado duro, adversário aguerrido e organizado. A combinação dificultou a vida de um Corinthians pouco inspirado para se impor tecnicamente na estreia pela Libertadores. O Cobresal, principalmente porque com Benítez, buscou o ataque e deu trabalho, mas também não houve grandes ameaças para Cássio. Foi o goleiro adversário, Cuerdo, quem levou o único susto da etapa inicial. Já nos acréscimos, Lucca cobrou falta muito perigosa e a bola passou rente à trave. Foi pouco em um jogo pobre, apesar da festa realizada pelos torcedores chilenos.
  • Segundo tempoA etapa seguinte marcou a busca do Corinthians por um melhor desempenho. Ainda sem o brilho de 2015, mas com alguma atitude. Tite fez sua parte com três modificações a equipe foi ao ataque com Giovanni Augusto e André. Mas foi Lucca, quase sempre, o mais perigoso no Chile. Ele teve boa finalização, deu uma bola perigosa para Giovanni concluir e acabou premiado no fim. Pela direita, nos acréscimos, pegou a defesa chilena desarrumada e deu sorte no vacilo de Escalona, que pôs contra as próprias redes.

Para lembrar

  • Apagão no desertoA partida foi interrompida por 15 minutos no primeiro tempo em função de queda de energia
  • Força, BenítezEm disputa pelo alto, Benítez se desequilibrou ao cair e protagonizou uma cena chocante, provavelmente com fratura no braço esquerdo
  • Não mais invictaO Cobresal, ao lado do River Plate uruguaio, era a única equipe invicta na história da Libertadores. Eram seis jogos do time chileno no torneio sem saber o gosto da derrota.

Melhor e pior

  • Lucca O primeiro foi o corintiano mais lúcido na estreia pela Libertadores. Tentou tanto que acabou premiado graças ao vacilo de Escalona.
  • DaniloCapitão, o experiente corintiano teve atuação apagada e não encontrou seu espaço em campo. Saiu para entrada de André.

Próximos Jogos - Corinthians

  1. Chapecoense CHA
    Corinthians COR
  2. Corinthians COR
    Atlético-GO ACG
  3. Santos SAN
    Corinthians COR
  4. Corinthians COR
    Racing Club RAC
  5. Corinthians COR
    Vasco VAS

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos