Grêmio usa mantras de Tite pelo tri da Libertadores e fim da seca

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Roger Machado usa mantras de Tite com elenco do Grêmio por Libertadores

    Roger Machado usa mantras de Tite com elenco do Grêmio por Libertadores

Por onde passa, o técnico atual campeão brasileiro deixa o mesmo legado. A vitória passa diretamente pelo merecimento. O desempenho supera o resultado pois só ele dá firmeza ao trabalho e confiança para o melhor no futuro. Tite e seus mantras. Mesmo no Corinthians, as palavras do treinador ecoam no Grêmio, comandado por Roger Machado, assumido discípulo do também gaúcho. E são estes ensinamentos que serão postos em campo a partir desta quarta-feira (17) quando à meia-noite (horário de Brasília) a bola começa a rolar pela primeira rodada do grupo 6 da Libertadores, diante do Toluca. 

Mantido no cargo desde o ano passado, Roger tem vários desafios. Repetiu, junto aos diretores do clube, que depois de uma temporada de afirmação e vaga na Libertadores, os nomes de todos que trabalham para o melhor do Tricolor só serão escritos na história do clube com conquistas. Algo que faz tempo não acontece. 
 
O jejum que dura desde 2010 contando conquistas estaduais, e que se arrasta desde 2001 levando-se em conta apenas títulos grandes, é o maior entre os grandes clubes do país. A seca de títulos relevantes já superou o Internacional como maior da história de um dos grandes do Rio Grande do Sul desde a primeira conquista nacional. E pesa muito a todos. 
 
Por isso, o primeiro mantra aparece de cara. "Vocês merecem este título", disse Roger aos jogadores do Grêmio na apresentação para a temporada 2016. "Por tudo que fizemos, que construímos, com muito trabalho vamos conseguir", completou. E sob este pensamento ele mantém a certeza que se o melhor vier a quem mais fez por onde, o Tricolor será premiado. 
 
Só que para seguir merecendo, é necessário ter rendimento. O bom futebol apresentado no fim de 2015 fez com que a direção gremista mantivesse praticamente todo o grupo. Luan no ataque, Pedro Geromel na zaga, o goleiro Marcelo Grohe, todos permanecem no elenco. Ainda chegaram Kadu, Fred, Wallace Oliveira, Henrique Almeida e por fim Mille Bolaños, que ainda não estreou. 
 
Os primeiros jogos da temporada mostraram um nível semelhante ao do ano passado, que com esforço pode ainda se tornar superior, e utilizando-se da valorização do rendimento dá condições de esperar algo grande ao fim da disputa. 
 
O adversário não é só um clube importante no México que conta com os gols de Triverio, com Botinelli, ex-Flamengo ou é treinado pelo paraguaio Cardozo, que disputou duas Copas do Mundo como jogador. Ainda tem a altitude. Toluca está 2,6 mil metros acima do nível do mar. Mais uma preocupação. "Não gosto de supervalorizar, nem minimizar a altitude. Vamos dar a atenção que ela merece", disse Roger ainda em Porto Alegre. 
 
Para que os ensinamentos tenham o mesmo resultado que Tite teve com o Corinthians em 2012 ainda falta muito tempo. Mas orientado por tais lições, o Grêmio inicia sua caminhada pelo tricampeonato da Libertadores. 
 
FICHA TÉCNICA
TOLUCA X GRÊMIO
Data e hora: 17/02/2016 (quarta-feira), às 00h (Brasília)
Local: estádio Nemésio Diez, em Toluca (MEX)
Transmissão na TV: Fox Sports
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Auxiliares: Javier Bustillos e Juan Montaño (ambos da Bolívia)
TOLUCA: Talavera; Gerardo Flores, Paulo da Silva, Arón Galindo e Jordan Silva; Gerardo Rodríguez, Antonio Ríos, Moisés Velasco e Carlos Esquível; Triverio e Fernando Uribe.
Técnico: Jose Saturnino Cardozo
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Fred, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano, Douglas e Everton; Luan.
Técnico: Roger Machado
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos