Palmeiras revive fantasma e vê defesa sofrer seis gols em quatro partidas

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras foi ao Uruguai para disputar a primeira partida na Libertadores 2016. Apesar de ficar duas vezes na frente do River Plate-URU, o time alviverde sofreu o empate e reviveu um fantasma que o acompanhou durante o segundo semestre do ano passado: a defesa voltou a enfrentar dificuldades.

Nos últimos quatro jogos da temporada, o Palmeiras acabou vazado em seis oportunidades, com média de 1,5 gol por confronto. O desempenho é parecido com o registrado no fim da temporada passada, quando o time sofreu gols em 19 partidas consecutivas, igualando uma marca negativa de 2006.

Na série, que começou ainda em meados de setembro e se arrastou até dezembro, o Palmeiras levou 32 gols, com média de 1,68 gol por confronto. Desde a chegada do técnico Marcelo Oliveira, o Palmeiras disputou 47 partidas e sofreu 61 gols (1,30 por jogo).

Na partida desta terça-feira, o Palmeiras sofreu um gol de pênalti quando estava 1 a 1, após uma jogada na área e uma falta cometida pelo goleiro Fernando Prass. Depois, viu o River marcar de cabeça após cobrança de escanteio. O volante Jean fazia marcação individual da jogada, 

"Não protegemos o resultado, estivemos na frente duas vezes. Poderíamos ter protegido no sentido das duas situações (de gol). A bola parada em uma marcação individual, nós facilitamos. E o pênalti que poderia ser evitado", disse Marcelo Oliveira.

O treinador ainda lamentou o fato de o time ter sofrido o primeiro gol logo a cinco minutos da etapa final. "Cedemos o gol muito cedo no segundo tempo e abrimos mais o time depois. Qualquer forma de jogar, qualquer sistema pode ser bom, desde que a gente cumpra bem as funções", frisou Marcelo.

Defesa sólida nos primeiros jogos

O Palmeiras começou a temporada 2016 com solidez defensiva. O time foi vazado pela primeira vez somente no quarto jogo, contra o São Bento, no empate por 2 a 2. Antes, a equipe venceu o Libertad-PAR e empatou sem gols com o Nacional-URU, em torneio amistoso disputado no Uruguai. Nos confrontos, Edu Dracena formou a zaga com Leandro Almeida.

Na estreia do Campeonato Paulista, o Palmeiras derrotou o Botafogo por 2 a 0, já com a dupla Leandro Almeida e Vitor Hugo na defesa - Dracena, machucado, ficou fora. Após o empate com o São Bento, Roger Carvalho ganhou a vaga no time titular, ao lado de Vitor Hugo.

O time alviverde, então, empatou sem gols com o Oeste, além de perder do Linense em casa por 2 a 1 e ficar no 2 a 2 com o River. No próximo sábado, a defesa terá uma prova de fogo: o Santos, no Allianz Parque, em jogo válido pela quinta rodada do estadual.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos