Máscaras de Robinho triplicam de preço, mas estampam arredores do Horto

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thiago Fernandes/UOL Esporte

    A "cara" do Galo. Máscaras com rosto dos jogadores viram febre na torcida atleticana

    A "cara" do Galo. Máscaras com rosto dos jogadores viram febre na torcida atleticana

Robinho por todas as partes. Para qualquer lado que se olhava, só se via o novo reforço do Atlético-MG. A ansiedade pela estreia do craque com a camisa do clube fez com que máscaras com o rosto do jogador fossem utilizadas por inúmeros torcedores nos arredores do estádio Independência, nesta quarta-feira (24), antes do duelo contra o Independiente Del Valle, do Equador, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Até a rodada passada do Campeonato Mineiro, quando o time comandado por Diego Aguirre venceu o Boa Esporte, as máscaras custavam R$ 5. Patric, Lucas Pratto, Luan e Dátolo eram os prediletos da torcida. Nesta quarta, porém, o valor triplicou – R$ 15 –, pelo menos, no que diz respeito às que estampam o rosto do Rei das Pedaladas.

O advogado Caio Fernandes, 26, adquiriu uma máscara do jogador e não escondeu a ansiedade para vê-lo em campo no duelo contra a equipe equatoriana. Sem saber se o atacante estará entre os titulares de Diego Aguirre, o torcedor afirmou:

"A expectativa pela estreia do Robinho é muito grande em toda a torcida. Esperamos que ele venha acrescentar ao Atlético o brilho que faltou para alcançarmos títulos em 2015", declarou.

"Impossível não comparar sua chegada com a do Ronaldinho. E acredito que ele vem com o mesmo sangue no olho que o R10 veio. Ou seja, vem para agregar e mostrar que ainda é capaz de jogar em alto nível".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos