Gol que vale churrasco e "homem invisível de Tite": Corinthians segue 100%

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / Nelson ALMEIDA

O Corinthians levou algum susto, especialmente nos minutos finais da partida, mas deixou a Arena Corinthians, na última quarta-feira (02), com mais três pontos na conta. Contra o Santa Fe, pela Libertadores, venceu por 1 a 0, gol de cabeça de Guilherme, que tem de dividir os méritos do tento com Rodriguinho, e manteve-se com 100% de aproveitamento no torneio continental.

O atacante, por causa da testada que assegurou a liderança do Grupo 8 ao time alvinegro, ganhará até churrasco do professor Tite. Churrasco que talvez seja melhor a Felipe, que travou dura batalha com "a popular diarreia" para entrar em campo, evitar. Confira esses e outros destaques da partida abaixo.

GUILHERME MARCA E GANHA CHURRASCO

Friedemann Vogel/Getty Images

Aos 19 minutos do segundo tempo, Guilherme anotou o único gol do jogo. Foi de cabeça, de dentro da pequena área, com goleiro já batido. E devido à facilidade que o camisa 10 teve, metade do tento pode cair na conta do meia Rodriguinho: ele recebeu esticada de bola de Fágner na linha de fundo e, apertado, descolou cruzamento perfeito para o companheiro.

Guilherme comemorou correndo na direção do treinador, batendo repetidamente na cabeça. Na saída de campo, explicou, em tom de brincadeira: "No jogo passado houve um lance em que eu poderia ter feito o gol, mas perdi o tempo de bola. Tite me encheu o saco por isso, pegou no meu pé nos treinos. Agora vai ter que pagar churrasco".

OPINIÕES: "O HOMEM INVISÍVEL DE TITE"

REUTERS/Paulo Whitaker

O blogueiro e comentarista do UOL Esporte Paulo Vinícius Coelho comentou a partida logo depois do apito final, e escolheu exaltar a participação do meio-campista Rodriguinho durante os 90 minutos – a ele atribuiu a alcunha de "o homem invisível de Tite". PVC notou também a dificuldade que o Corinthians tem de jogar quanto seus laterais são marcados.

Juca Kfouri também falou sobre o confronto. "Aquele Corinthians do ano passado, como se sabe, não mais existe, com o que desapareceram o toque de bola e as triangulações que permitiam ao time evoluir com segurança em direção à meta adversária", avaliou.

TITE AVALIA A PARTIDA

UOL
Corinthians no 4-1-4-1, como começou o jogo

UOL
Corinthians com mais um volante, como terminou o jogo

O Corinthians venceu novamente "na conta do chá". Com 1 a 0 no placar, aliás, Tite até tirou meia-atacante, Guilherme, para proteger a defesa com mais um volante, Willians. "Pragmático não é o termo", justificou o comandante depois do jogo. "Não é minha ideia de futebol, mas vi um jogo difícil, um adversário com grau de competitividade e leal. Libertadores requer adaptação para critérios. No último terço do campo, precisamos ter combinação melhor, melhores escolhas, finalização mais precisa, domínio mais preciso, e isso faltou. 

CAPRICHOSO EM EXCESSO: G. AUGUSTO

AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

O meio-campista corintiano Giovanni Augusto teve a melhor chance da partida, aos 23 minutos do primeiro tempo. Tesillo se complicou com a bola nos pés, próximo à área do Santa Fe, e foi desarmado por Guilherme. A redonda sobrou para o camisa 19, que a conduziu até ficar cara a cara com o goleiro rival. Foi quando ele tentou um toquinho por cima e, além de ter errado na direção da finalização, deu tempo para Balanta se recuperar e afastar o perigo.

O VELHO SALVADOR: CÁSSIO

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians venceu, mas não foi fácil. Não o foi em nenhum jogo da temporada. Desta vez em casa, levou pressão no fim do jogo – suportou bem o "chuveirinho" do rival. Mas foi bem antes disso que o Santa Fe teve sua principal chance na partida. Ainda no primeiro tempo, aos 37 minutos, quando o placar marcava 0 a 0, Gómez bateu da entrada da área, a bola desviou em Felipe e obrigou Cássio a fazer boa e difícil defesa no canto esquerdo baixo.

FELIPE SUPERA ATÉ "A POPULAR DIARREIA"

AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

O zagueiro Felipe, titular do Corinthians, quase desfalcou a equipe na partida desta quarta-feira (02), contra o Santa Fe, em São Paulo, pela Libertadores. O jogador se ausentou de treino na terça, e só foi confirmado no duelo de última hora. "Tive a popular diarreia", contou, bem-humorado, depois da partida. "Não sei se foi por alimento ou virose. Dediquei-me bastante, tomei água, comi batatas para me recuperar. Às 17h me senti bem. E aí fiquei à disposição de Tite", completou. Ele foi a campo, e o time alvinegro não sofreu gols

TORCIDA PROTESTA. E GALVÃO RESPONDE

Eduardo Anizelli/Folhapress, ESPORTE

A Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Corinthians, tornou a levar ao estádio faixas de protesto, uma delas contra a TV Globo, na qual diz que o futebol "é refém" da emissora. Galvão Bueno, narrador da partida, respondeu no intervalo do duelo: "A Globo é a única que transmite gratuitamente (a Libertadores) em TV aberta, como também fazemos com o futebol brasileiro há 40 anos. Mas protestar é direito de todo cidadão".

OS CORNETAS: CORINTHIANS NÃO AGRADA INTERNAUTAS

Pouco importa que o Corinthians esteja invicto em 2016, que tenha vencido sete dos nove jogos que fez, inclusive os dois disputados na Libertadores. O torcedor que se acostumou com o time do ano passado está de "nariz torcido" para o atual. E só há um lugar fora dos estádios em que os cornetas ganham voz: no Twitter. Veja como a internet reagiu à partida.  

 

 

 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos