Argentinos invadem região do Allianz e reclamam do número de ingressos

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

A bola ainda nem rolou, e o clima para o jogo entre Palmeiras e Rosario Central, na noite desta quinta-feira (3), no Allianz Parque, pela Libertadores, já esquentou. Segundo o presidente do clube argentino, o baixo número de ingressos disponibilizados para os visitantes pode implicar incidentes.

"Temos muita preocupação. Se não conseguirem as entradas, lamentamos, mas pode haver incidentes", afirmou Raul Broglia, presidente do Rosario Central.

Para o jogo no Allianz Parque, o Palmeiras liberou 1.700 ingressos para a torcida do Rosario. Estima-se, no entanto, que aproximadamente o triplo de argentinos já desembarcou em São Paulo. Muitos deles procuram o clube para conseguir ingressos.

"Tratamos de comunicar os torcedores que não viessem em tanta quantidade. Fizemos tudo que é possível porque a preocupação é o que possa acontecer caso não consigam mais entradas. Nós pensamos em dar até 3.500 ingressos e eles [o Palmeiras] deveriam ter feito um esforço. Tem gente no lobby [do hotel] pedindo ingresso e não temos solução. Eles argumentam que é questão exclusivamente da Polícia", acrescentou o argentino.

Diego Salgado/UOL Esporte

Invasão argentina

Já na tarde dessa quinta, centenas de torcedores do Rosario tomaram o entorno do Allianz Parque à procura de ingressos. No início da noite desta quinta, cerca de 3000 torcedores do Rosario já marcavam território em frente ao estádio.

Até as 17h, três horas após a abertura da bilheteria, cerca de 1.400 ingressos já haviam sido vendidos - restando apenas 300 unidades, que logo devem ser esgotadas.

Entre os torcedores argentinos, a maioria percorreu os 2 mil km que separa Rosario e São Paulo de carro e avião. Muitos encararam viagens de mais de 40 horas. Além disso, cinco ônibus foram mobilizados pela torcida organizada. Dois deles já chegaram no Allianz Parque.

Diego Salgado/UOL Esporte

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos