Grêmio demora para 'acordar' e não sai do empate com San Lorenzo em casa

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP Photo/Nabor Goulart

    Maicon duela com Belluschi, do San Lorenzo, na partida do Grêmio pela Libertadores

    Maicon duela com Belluschi, do San Lorenzo, na partida do Grêmio pela Libertadores

Começar a partida em ritmo lento atrapalhou o Grêmio. Nesta quarta-feira (09), o time brasileiro abriu o placar quando era inferior no jogo, conseguiu empate mas não saiu do 1 a 1 contra o San Lorenzo, na Arena, pela terceira rodada do grupo 6 da Libertadores. E o resultado aconteceu muito por lances em que a defesa gremista evitou o pior. 

Pedro Geromel salvou um gol quase de cima da linha no segundo tempo. Fred havia feito o mesmo na etapa inicial. E por vezes sendo pressionado, o time gaúcho chegou a exercer alguma força na etapa final, só que insuficiente. O resultado dá aos gaúchos a liderança da chave mas não chega a ser placar sonhado. 
 
O objetivo de fazer 100% em casa foi frustrado. Com quatro pontos, o Grêmio pode ser ultrapassado por Toluca ou LDU. Quem vencer no duelo desta quinta pega a liderança. Anges do jogo, mexicanos somam quatro pontos e equatorianos três. O San Lorenzo jogará tudo nas três últimas rodadas e é lanterna com dois pontos. 
 
O problema para o Grêmio é que no returno do grupo serão dois jogos fora de casa. Contra o San Lorenzo, na Argentina, e contra a LDU, em Quito. Apenas o Toluca atuará em Porto Alegre. 
 
GRÊMIO 1 X 1 SAN LORENZO
 
Data: 09/03/2016 (quarta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Auxiliares: Nicolas Taran e Nicolas Trinidad (Ambos uruguaios)
Renda: R$ 2.104.161,00
Público: 41.927 (total)
Cartões amarelos:  Angeleri (SLO), Mussis (SLO), Ortigoza (SLO); Edinho (GRE), Marcelo Oliveira (GRE); 
Gols: Fred, do Grêmio, aos 26 minutos do primeiro tempo; Cauteruccio, do San Lorenzo, aos 31 minutos do primeiro tempo; 
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Wesley, Fred, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano (Fernandinho) e Douglas (Henrique Almeida); Everton e Luan (Bobô).
Técnico: Roger Machado
 
SAN LORENZO
Torrico; Buffarini, Caruzzo, Angeleri e Mas; Mussis, Ortigoza (Kalinski), Belluschi, Blanco e Cerutti (Romagnoli); Cauteruccio (Matos).
Técnico: Pablo Guede

FASES DO JOGO

  • Primeiro tempoO San Lorenzo usou as mesmas armas do Tricolor e tratou de ter a bola. Foi ofensivo, pois apenas a vitória interessava. O Grêmio, sem conseguir entrar na área rival, chegou perto em um chute de Maicon, de fora da área. Já o time do Papa Francisco só não abriu o placar aos 14 minutos graças a Marcelo Grohe, que saiu rápido. Mas quando era inferior, uma bola parada resolveu.Fred cobrou em curva, pelo lado da barreira e colocou na rede aos 26 minutos. O gol animou o Grêmio, que no minuto seguinte acertou a trave com Everton. Mas aos 33, o empate veio pelo caminho mais comum em 2016: bola aérea. Cauteruccio marcou após cruzamento de falta. Aos 37 a virada só não veio porque Fred tirou depois da bola ter passado Grohe. E foi tudo no primeiro tempo.
  • Segundo tempoO Grêmio voltou melhor no segundo tempo. Aos 18 minutos, Pedro Geromel bateu da intermediária e acertou o travessão. Aos 21 minutos, a resposta veio com Cauteruccio. Novamente uma bola cruzada acabou em confusão. Com Grohe batido, o atacante bateu e Pedro Geromel evitou o gol rival. O jogo ficou aberto e 'sem meio campo'. A estratégia de posse de bola de ambos nos primeiros 45 minutos deu lugar a verticalidade em direção ao gol oponente. Muita corrida e esforço de parte a parte. Contra-ataques a cada lance e partida aberta nos minutos que seguiram. Mas não houve movimentação de placar.

Destaques

  • #ForçaMillerCom palavras de apoio, o Grêmio prestou solidariedade a Miller Bolaños, que nesta quinta fará cirurgia para reconstruir a mandíbula fraturada em dois locais no Gre-Nal. Faixa da torcida, camisa especial e também capa do Guia da Partida foram destinados a ele.
  • Algoz de 2014Foi o San Lorenzo que eliminou o Grêmio em sua última participação na Libertadores. Em 2014, o Tricolor ganhou no tempo normal mas perdeu nos pênaltis e acabou eliminado nas oitavas de final. Os argentinos foram campeões.
  • Maroon 5Um esquema especial de trânsito foi feito em Porto Alegre em decorrência de dois eventos grandes na mesma noite. Enquanto o Grêmio jogava com San Lorenzo, a banda Maroon 5 se apresentava na Fiergs, próximo da Arena.

Melhores

  • Pedro Geromel, GrêmioAcertou um lindo chute no travessão e ainda evitou que o Grêmio tomasse um gol salvando de cima da linha.

Piores

  • Marcelo Oliveira, GrêmioDeixou espaços às costas e não conseguiu contribuir ofensivamente.

UOL Cursos Online

Todos os cursos