Na chegada à Argentina, Maicon diz que cobrança sobre o SP é "positiva"

Do UOL, em São Paulo

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

O zagueiro são-paulino Maicon, recém-contratado junto ao Porto, conversou com a imprensa no desembarque da equipe em Buenos Aires, nesta quarta-feira (09), e não se mostrou incomodado com as cobranças da torcida sobre o elenco. Para ele, a pressão é, além de natural, "saudável e positiva".

O clube tricolor tem compromisso na capital argentina na quinta-feira, pela Libertadores, contra o River Plate, no estádio Monumental de Núñez. 

"São cobranças que nem precisam passar para nós. Sabemos da importância que o São Paulo tem. Quando não se conquista título, como vem acontecendo nos últimos anos, a cobrança vai aumentando. Temos de colocar o time no topo, e a cobrança, desde que seja amigável e não nos cause polêmica, é saudável. Nos faz crescer, é positiva", considerou o defensor, que deverá ser titular ao lado de Diego Lugano.

O São Paulo é vice-líder do Grupo C do estadual, atrás da Ferroviária, e na Libertadores perdeu a única partida que fez, contra o The Strongest, pela chave 1. Contra o River também buscará a primeira vitória em "jogo grande" na temporada, admite Maicon. Quando enfrentou o rival Corinthians, perdeu por 2 a 0.

"A gente tem de ser o mais eficaz possível, temos de estar o mais concentrados possível. Infelizmente ainda não ganhamos um jogo grande, mas esperamos ganhar amanhã. Um jogador que não gosta de cobranças não serve para o São Paulo". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos