Números e conquistas de 2013 desafiam novo quarteto ofensivo do Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Robinho e Luan fizeram gols no primeiro jogo que o novo quarteto do Atlético-MG atuou junto

    Robinho e Luan fizeram gols no primeiro jogo que o novo quarteto do Atlético-MG atuou junto

Campeão da América com um quarteto ofensivo formado por Ronaldinho, Bernard, Diego Tardelli e Jô, o Atlético-MG aposta em outro quarteto para conquistar a Libertadores mais uma vez. A estreia do ataque formado por Luan, Cazares, Robinho e Lucas Pratto foi boa, com goleada sobre o Tombense. E repetir as marcas e os números do quarteto de três anos atrás é o grande desafio.

O quarteto de 2013 atuou junto em 15 oportunidades, com 11 vitórias, dois empates e duas derrotas. Nesses jogos o Atlético marcou 34 vezes, sendo 24 de autoria dos membros do quarteto e cinco assistências para outros companheiros. O clube conquistou ainda o Mineiro no período em que os quatro jogadores permaneceram juntos na Cidade do Galo, que foi entre fevereiro de 2013 (chegada de Diego Tardelli) e agosto do mesmo ano (saída de Bernard).

O aproveitamento de quase 78%, a participação direta em 85% dos gols e os títulos são algumas das marcas de um quarteto que entrou para a história do Atlético. Agora liderado por Robinho, o novo ataque alvinegro teve ótimo começo. É preciso levar em consideração o adversário, que está na lanterna do Mineiro, mas o Atlético fez o que se espera diante de um oponente tão fraco. O time alvinegro goleou o Tombense por 4 a 1, com todos os gols feitos por integrantes do quarteto.

Nesta quinta-feira, contra o Colo-Colo, em Santiago, o primeiro grande desafio. Uma partida fora de casa pela Copa Libertadores. Último dos quatro a chegar ao clube, o atacante Robinho acredita que o entrosamento vai aumentar a cada jogo junto. "A gente vai entrosando cada vez mais. É isso que podemos esperar", disse o camisa 7, que tem a receita para que o ataque atleticano tenha muito sucesso no Chile.

"É continuar movimentando, pois temos muitos jogadores de qualidade no ataque", completou Robinho, responsável por três dos quatro gols do Atlético no último jogo.

E foi na Libertadores que o quarteto de 2013 ganhou fama. Somente na fase de grupos foram quatro jogos e quatro triunfos. Na vitoriosa campanha foram 11 dos 14 jogos, com oito vitórias, dois empates e uma derrota. Estabelecer novas marcas no torneio continental ou pelo menos chegar perto dos números de 2013 é o que o torcedor atleticano mais deseja do quarteto de 2016.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos