Por Bolaños: Grêmio luta contra crise psicológica e efeito 'Brasil 2014'

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Bolaños deve perder toda fase de grupos da Libertadores e abala o Grêmio

    Bolaños deve perder toda fase de grupos da Libertadores e abala o Grêmio

O principal jogador do time é sacado na hora decisiva por força de uma lesão. O agressor é rotulado de 'bandido' e alguns dias depois um confronto duro vem pela frente. O enredo monta a situação do Grêmio, que perdeu Miller Bolaños e terá nesta quarta-feira (09) às 21h45 (horário de Brasília) pela frente o San Lorenzo fechando os jogos de ida do grupo 6 da Libertadores. Mas poderia muito bem se adaptar ao Brasil na Copa do Mundo de 2014 quando ficou sem Neymar. 

O craque da seleção deixou o time com um problema nas costas ocasionado por uma joelhada do colombiano Zuñiga, que virou, de cara, 'inimigo número 1' da nação. O equatoriano que defende o Tricolor é ausência por aproximadamente 45 dias por conta de duas fraturas no rosto geradas por uma cotovelada do colorado William no clássico Gre-Nal do último domingo. Da mesma forma, o jovem jogador do Inter foi 'demonizado' pelos gremistas. 
 
E as semelhanças do enredo geraram reações parecidas. No Brasil, ao elencar a série de razões pelas quais a ausência de Neymar pesaria, jogadores e comissão técnica mostravam incerteza. Haveria substituto? O que seria do time, que já não vinha jogando tão bem? O duelo seguinte mostrou. Derrota por 7 a 1 para Alemanha e eliminação vexatória na Copa, em casa. 
 
O Grêmio ensaiou discurso semelhante. Desde o clássico, não se falou mais em futebol. Apenas William e Bolaños. Só incertezas sobre o desempenho da equipe sem o equatoriano, principal contratação para a temporada e que custou R$ 19,4 milhões. Ainda mais que o rendimento estava longe do ideal neste ano, com exceção ao duelo com a LDU. 
 
Tal qual a seleção, o Grêmio promete 'jogar por Bolaños', que deve ficar fora de toda primeira fase da Libertadores. E tenta evitar que a crise psicológica, que as incertezas que brotam a partir do lance que sacou Miller do time, que o medo de fracassar atrapalhe a equipe. 
 
O substituto foi mantido em sigilo. O último treinamento, e que definiu o time, teve portas fechadas. Outra ausência será Wallace Oliveira. Fora por 10 dias, o lateral direito dá lugar a Wesley. 
 
O San Lorenzo joga a vida. Com apenas um ponto no grupo, o time do Papa Francisco precisa urgentemente vencer. Caso não consiga nem pontuar, estará virtualmente fora da próxima fase. 
 
FICHA TÉCNICA
GREMIO X SAN LORENZO
Data e hora: 09/03/2016 (Quarta-feira), às 21h45 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Fox Sports e Globo
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Auxiliares: Nicolas Taran e Nicolas Trinidad (Ambos uruguaios)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wesley, Fred, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano e Douglas; Everton (Henrique Almeida) e Luan. 
Técnico: Roger Machado
SAN LORENZO: Torrico; Buffarini, Caruso, Angeleri e Mas; Musses, Ortigoza, Blanco, Romagnoli e Cerutti; Carteruccio.
Técnico: Pablo Guede

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos