G. Jesus cobra vitórias fora e avisa: "Perdemos a batalha, não a guerra"

Do UOL, em São Paulo

Autor do único gol do Palmeiras na derrota para o Nacional-URU por 2 a 1, o atacante Gabriel Jesus cobrou que a equipe conquiste as vitórias fora de casa para seguir vivo na Libertadores. Com o revés, o time de Marcelo Oliveira perdeu a liderança do Grupo 2.

"Agora é concentrar, porque a gente não perdeu a guerra, apenas uma batalha", afirmou ao "Sportv". "A gente tem o dever de ganhar esses dois jogos fora de casa (contra Nacional e Rosario Central)".

Durante a partida, o Nacional teve dois jogadores expulsos: Fucile e Léo Gamalho. Apesar disso, Gabriel Jesus reclamou da arbitragem do chileno Enrique Osses.

"O juiz influenciou um pouquinho. Não posso jogar a culpa no juiz, mas influenciou, sim. Se olhar o replay do jogo, vai ver que eles vieram apenas para bater. Brincando, eram para ser três expulsos (do Nacional), e com três expulsos não íamos perder o jogo", lamentou.

Derrotado, o Palmeiras perde a liderança do Grupo 2. Agora, o time brasileiro está em segundo, com quatro pontos, um a menos que o Nacional-URU, novo líder.

Na próxima rodada, as duas equipes voltam a se enfrentar, no dia 17 de março. Dessa vez, no entanto, o embate acontecerá no Parque Central, casa do Nacional-URU, em Montevidéu, no Uruguai.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos