Jogadores do Atlético-MG acreditam que lesão de Dátolo mudou rumo do jogo

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Dátolo ficou em campo somente 15 minutos e o Atlético-MG caiu demais depois da lesão do meia

    Dátolo ficou em campo somente 15 minutos e o Atlético-MG caiu demais depois da lesão do meia

Por mais de 60 minutos o Atlético-MG ditou o ritmo da partida com o Colo-Colo, no Estádio Monumental, em Santiago. No primeiro tempo, apesar de finalizar menos, a equipe mineira teve mais posse de bola. Na etapa final foram mais tentativas, mas tudo mudou a partir dos 15 minutos, quando Dátolo sentiu uma lesão na coxa esquerda e deixou o gramado sem condições de continuar.

Sem um meia ou até mesmo um atacante no banco de reservas, Diego Aguirre teve de colocar mais um volante no jogo. Entrou Júnior Urso e o que se viu a partir de então foi um Colo-Colo pressionando bastante. Mas a defesa bem postada do Atlético, mais uma noite feliz de Victor e até mesmo um pouco de sorte garantiram um ponto no Chile, que manteve a equipa alvinegra na liderança do grupo 5 da Libertadores.

"O Dátolo entrou muito bem, estava organizado o time. Mas a partir do momento em que ele se contundiu e entrou mais um volante, o time se recuou, o que algo automático. Mas estão todos de parabéns pela luta", comentou o volante Rafael Carioca, assim como o zagueiro Leonardo Silva.

"Foi um bom jogo, foi difícil o segundo tempo, quando perdemos o meia e ficamos mais defensivos. Aí trouxemos o time deles para cima. Não vencemos, mas conseguimos um ponto importante para manter a liderança", analisou o capitão do Atlético.

Com a pressão do Colo-Colo, um dos jogadores que mais teve de trabalhar foi o goleiro Victor. E o camisa 1 ficou feliz com a postura defensiva da equipe, que nos minutos finais permitiu apenas uma boa chance para a equipe adversária, quando o atacante Tonso passou por Leonardo Silva e Marcos Rocha, mas chutou para fora.

"É normal (pressão do adversário). A equipe do Colo-Colo tentou pressionar e ficamos sem posse de bola. Mas também não foram efetivos no ataque, pois a gente conseguiu marcar bem. Praticamente não demos oportunidade de eles chegarem na nossa meta".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos