Hora do troco. Volante quer ver o Atlético-MG pressionando o Colo-Colo

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético MG

    Junior Urso vai ter a primeira chance como titular do Atlético-MG na Copa Libertadores

    Junior Urso vai ter a primeira chance como titular do Atlético-MG na Copa Libertadores

Os últimos 30 minutos da partida com o Colo-Colo, no Estádio Monumental, em Santiago, ficaram marcados para os jogadores do Atlético-MG. Se durante o primeiro tempo e o começo da etapa final a equipe mineira teve mais posse de bola e ditou o ritmo de jogo, os últimos minutos foram de pressão, com os chilenos encurralando o time brasileiro no campo de defesa.

Nesse momento o volante Júnior Urso já estava em campo, pois Dátolo havia se machucado e o técnico Diego Aguirre não tinha opções ofensivas no banco de reservas. Superado o sufoco no Chile e o ponto garantido, agora é a vez de o Atlético pressionar o rival. Vencer o Colo-Colo praticamente garante o Atlético na próxima fase da Libertadores, além de deixar a primeira colocação do grupo bem encaminhada.

E mais uma vez Júnior Urso vai estar em campo. Com Leandro Donizete suspenso, o volante aparece como a primeira opção de Aguirre para a vaga. Apesar de ser um jogador mais voltando para a proteção da defesa, Júnior Urso quer mesmo é ver um Atlético em cima do adversário, pressionando bastante, assim como foram os 30 minutos finais em Santiago.

"Agora é a nossa vez. Temos o nosso campo que tem dimensões menores do que tem o deles. Temos também o calor da nossa torcida, que fica bem mais próxima e está inflamada. Então temos de usar tudo a nosso favor, porque quarta-feira é a vez de o Galo pressionar", disse o volante, que ressaltou também a importância de fechar como líder o grupo 5 da Libertadores.

"Agora o jogo é na nossa casa e somos muito fortes aqui, com o apoio da nossa torcida. É trabalhar firme, precisamos garantir esse primeiro lugar. E lá na frente pode ser muito importante garante a primeira colocação geral".

Eduardo e Lucas Cândido são os outros dois jogadores que disputam a posição, mas correm por fora. Tanto que Aguirre escalou Júnior Urso para o jogo com o América-MG para dar mais ritmo ao volante, que chegou ao clube apenas no começo de fevereiro. Mas como o treinador já pensa na equipe que vai começar o jogo com o Colo-Colo, Júnior Urso deixou o jogo aos 22 minutos do segundo tempo, para começar a descansar para o importante confronto pela Libertadores.

"Foi mais pensando em quarta-feira. É dia importante, todos precisão estar 100%. Uma lesão nesse jogo poderia atrapalhar no encaixe do jogo. Então foi importante a troca sim e não comprometeu a equipe, que seguiu bem em campo", explicou Urso, que avaliou como positivo o jogo com o América tão perto do confronto com o Colo-Colo.

"Foi um bom teste para quarta-feira, apenas de achar que o jogo com o Colo-Colo vai ser mais intenso do que foi o jogo com o América. É estar preparado, pois a pegada vai ser maior".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos