Recordista do Atlético na Libertadores, Victor está fora da fase de grupos

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Atlético-MG/Divulgação

    Com o titular Victor vetado pelo departamento médico, Giovanni assume a meta do Atlético-MG

    Com o titular Victor vetado pelo departamento médico, Giovanni assume a meta do Atlético-MG

Nenhum outro jogador do Atlético-MG disputou tantos jogos da Copa Libertadores pelo clube como disputou o goleiro Victor. Titular do clube na sequência recorde de participações alvinegra no torneio continental, o Atlético está na quarta Libertadores consecutiva, o camisa 1 não joga mais durante a fase de grupos. Victor deve ficar pelo menos um mês afastado dos gramados.

O goleiro do Atlético vai passar por artroscopia no joelho direito e não vai ter condições de participar das três próximas partidas do clube no torneio. Portanto, diante de Colo-Colo (Chile), Independiente Del Valle (Equador) e Melgar (Peru), e meta atleticana vai ser defendida por Giovanni, titular na partida passada, diante do América-MG.

A informação de que Victor vai ser operado e ficar um tempo sem atuar foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube. O goleiro se queixa de dores no joelho esquerdo desde a partida contra a URT, no dia 26 de fevereiro. Desde então, Victor já ficou fora de algumas atividades no campo, por causa dessas dores. No entanto, o goleiro teve a ruptura do menisco após uma entorse no treinamento dessa segunda-feira, na Cidade do Galo.

A expectativa do departamento médico do Atlético é que Victor tenha condições de jogo a partir das oitavas de final da Libertadores, caso o clube avance de fase. O período afastado varia entre quatro e seis semanas. Para garantir presença na próxima etapa, o time alvinegro precisa somar quatro dos nove pontos que ainda vai disputar.

Embora Victor seja o recordista de jogos pelo Atlético na Libertadores, Giovanni não vai estrear no torneio diante do Colo-Colo. Em 2014 o goleiro reserva alvinegro teve a chance de atuar na vitória por 1 a 0 sobre o Zamora, no Independência. Na ocasião o Atlético já estava classificado e jogava para confirmar a primeira colocação do grupo. Victor e Ronaldinho foram poupados pelo então técnico Paulo Autuori.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos