Grêmio já pensa na altitude e lamenta depender de jogo em Quito por vaga

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio FBPA

    Roger Machado espera melhor atuação na segunda partida na altitude do Grêmio

    Roger Machado espera melhor atuação na segunda partida na altitude do Grêmio

O Grêmio tinha um objetivo no grupo 6 da Libertadores: não depender de pontos em Quito para classificação. Não conseguiu. Depois dos dois empates contra o San Lorenzo, uma classificação passará diretamente por um resultado bom nos 2,8 mil metros de altitude da cidade equatoriana. 

O jogo entre Toluca e LDU, marcado para 5 de abril, poderá colocar os mexicanos na próxima fase ou devolver os equatorianos para a disputa. E independente do resultado, o Grêmio seguirá na mira. 
 
Se a LDU não vencer, irá encarar o Grêmio ainda atrás e precisando da vitória para passar. Ao Tricolor, desta forma, servirá o empate. Se a LDU vencer o Toluca, entrará em campo acima do time brasileiro na tabela. Desta forma, jogará pelo empate para seguir na frente. 
 
"Temos que pontuar em Quito e administrar a tabela. Vamos organizar isso. É um jogo com variáveis diferentes por conta da altitude. Já perdemos lá, é complicado. Vamos levar isso sob controle para garantir que tudo se decida contra o Toluca, em casa", explicou o presidente Romildo Bolzan Júnior. 
 
Na melhor das hipóteses, até mesmo uma derrota em Quito pode acabar com classificação. Para isso, a LDU precisa perder para o Toluca e depois não vencer o San Lorenzo. O Grêmio, então, vencendo o Toluca na última rodada se classifica independente da pontuação no Equador. 
 
Quando encarou a altitude nesta Libertadores, o time gaúcho foi mal. Diante do Toluca, no México, mesmo com somente 2,6 mil metros acima do nível do mar, altitude inferior a Quito, o clube gaúcho levou 2 a 0 e culpou os efeitos da falta de adaptação. 
 
Por isso, a ideia é refazer os planos e antecipar ainda mais a viagem. É possível que a delegação fique uma semana longe do Brasil para se adaptar da melhor forma aos efeitos do esforço físico sob tais condições. 
 
O jogo ocorre apenas no dia 13 de abril. E para ficar tanto tempo longe, o time precisará ser reserva nas eliminatórias do Campeonato Gaúcho. Os danos de ter tal estratégia serão pesados duarante as próximas semanas. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos