Fluminense quer Dátolo para liberar Fred. Meia deseja continuar no Atlético

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Dono da camisa 10 do Atlético-MG desde a saída de Ronaldinho, Dátolo é cobiçado pelo Flu

    Dono da camisa 10 do Atlético-MG desde a saída de Ronaldinho, Dátolo é cobiçado pelo Flu

Sem jogar desde o dia 10 de março, quando teve um estiramento na coxa esquerda, no empate sem gols do Atlético-MG com o Colo-Colo, pela Copa Libertadores, o meia Dátolo voltou a treinar com bola nesta semana. No treino dessa quarta-feira, na Cidade do Galo, o argentino chegou a treinar algumas vezes entre os titulares. Recuperado, o camisa 10 é uma das opções de Diego Aguirre para o jogo contra o Melgar, do Peru.

"É uma volta muito boa para mim. Inclusive, seguramos mais uma semana a parte da recuperação, para voltar com tudo. Foram algumas precauções para não sofrer com mais nada", explicou Dátolo, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Porém, Dátolo pode ser envolvido na troca pelo atacante Fred, do Fluminense, e deixar o Atlético sem uma última partida em Belo Horizonte. Reuniões ao logo do dia vão definir se o meia vai continuar à disposição do treinador atleticano ou não para o próximo compromisso pelo torneio continental. Como Fred já tem tudo apalavrado com o clube mineiro, o anuncio depende apenas do acerto do Fluminense com os jogadores disponibilizados pelo Atlético.

Dátolo é um deles, além do volante Eduardo e do atacante Carlos. O meia foi um pedido do técnico Levir Culpi, com quem trabalhou na Cidade do Galo por quase dois anos. Mas no que depender da vontade do jogador, ele vai continuar em Belo Horizonte. Apesar de não descartar uma saída do Atlético, Dátolo não esconde o desejo de ficar no clube alvinegro.

"Sempre falo que futebol é muito intenso. Hoje eu posso te falar que me sinto muito bem aqui no Atlético, só que não posso te falar o que vai acontecer na metade do ano ou no final do ano. A minha sempre é permanecer aqui no Atlético, mas como já falei o futebol intenso. Daqui a pouco o treinador pode não contar mais comigo e vou ter de procurar um clube. Sabe como é o futebol, né? Mas minha cabeça é continuar aqui no Atlético", disse Dátolo em entrevista exclusiva ao UOL Esporte antes de ter nome cogitado na troca por Fred.

Perto de completar 32 anos, Dátolo tem contrato com o Atlético até dezembro. Caso não seja negociado com o Fluminense ou não renove o vínculo com o clube mineiro, o jogador vai poder assinar com qualquer outra equipe a partir de julho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos