Gabriel Jesus é suspenso por três jogos depois de expulsão na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / STRINGER

    Gabriel Jesus foi expulso no segundo tempo da partida de Rosário

    Gabriel Jesus foi expulso no segundo tempo da partida de Rosário

O Palmeiras pode ter problemas na Libertadores se conseguir a classificação às oitavas de final. O Tribunal Disciplinar da Conmebol puniu o atacante com três jogos de suspensão pela expulsão na partida contra o Rosario Central-ARG.

O clube alviverde conseguiu desqualificar o artigo de conduta antidesportiva, cuja pena mínima é de um jogo, mas Gabriel Jesus foi enquadrado também no artigo agressão -- e pegou a pena mínima de três partidas.

O artilheiro do Palmeiras na Libertadores, com quatro gols, cumprirá a suspensão automática nesta quinta-feira e ficará fora da partida decisiva do Palmeiras contra o River Plate-URU, no Allianz Parque. Se o Palmeiras chegar à fase de mata-mata, Gabriel Jesus desfalcará o time nas duas partidas das oitavas de final.

Gabriel Jesus foi expulso após chutar o volante Musto mesmo caído no gramado. O camisa 12, depois, reclamou de ter tomado um soco na cabeça antes de revidar. Além disso, admitiu que errou.

"Fui infeliz de subir o pé, mas se o juiz me expulsou, tinha que expulsar ele também. A arbitragem prejudicou a gente, mas o time foi guerreiro e conseguiu o empate. É a primeira expulsão minha, infelizmente. Só quem está lá dentro sabe o que é apanhar e não poder fazer nada. Fui infeliz de revidar, mas a arbitragem deixou a desejar", explicou.

Para conseguir passar da fase de grupos, o Palmeiras terá de vencer o River e torcer para o Nacional bater o Rosario em Montevidéu. Além disso, a equipe alviverde precisa tirar três gols de saldo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos