Maicon diz que altitude não será desculpa em decisão do SP na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

  • Robson Ventura/Folhapress

    São Paulo, de Maicon, precisa de apenas um empate para continuar na competição

    São Paulo, de Maicon, precisa de apenas um empate para continuar na competição

O São Paulo precisa apenas de um empate contra o The Strongest, para avançar às oitavas de finais da Libertadores. A condição de visitante não é a maior preocupação do time do Morumbi, mas, sim, a altitude de La Paz, que está a 3.600 metros acima do nível do mar.

Maicon declarou que o elenco tricolor levantou informações sobre os riscos de atuar no ar rarefeito. Mas a altitude não servirá como desculpa por um eventual tropeço contra o time boliviano

"Perguntei para alguns atletas, uns falaram que jogaram bem, outros que tiveram problema. Vou tentar me preparar da melhor maneira, até para a altitude não ser desculpa. Vamos entrar focados, até o empate nos classifica e não vamos colocar desculpa na altitude, vamos procurar fazer nosso papel. Tenho certeza de que na hora do jogo vamos estar preparados", destacou.

Contratado por empréstimo no início do ano, Maicon agradou ao técnico Edgardo Bauza, que pediu à diretoria a aquisição dos direitos em definitivo. Para o duelo de quarta, o zagueiro formará dupla com Rodrigo Caio no setor defensivo.

Maicon falou sobre a possibilidade de estender seu vínculo com o São Paulo:

"Não só a torcida, como eu, o pessoal do São Paulo, eu pretendo cumprir meu contrato e depois prolongar. Mas temos de ver mais pra frente, ainda está cedo, o São Paulo tem me procurado ajudar nisso, espero que essa novela termine e eu possa ficar", disse o jogador, que tem seus direitos ligados ao Porto-POR.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos