Corinthians atua já classificado, mas tem cinco motivos para não tirar o pé

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Luciano, atrás de seu primeiro gol no ano, jogará nesta quarta-feira

    Luciano, atrás de seu primeiro gol no ano, jogará nesta quarta-feira

Já classificado, o Corinthians entrará em campo com dez reservas para enfrentar o já eliminado Cobresal-CHI na noite desta quarta-feira, em Itaquera. Mas será que vai tirar o pé? Há motivos para não acreditar nessa possibilidade. 

Para começar tem o fato de que assegurar três pontos, diante da equipe chilena, garantiria ao Corinthians a liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores. Terminar na primeira posição não quer dizer apenas decidir as oitavas de final em casa, mas ter maior chance de carregar essa vantagem para eventuais fases seguintes da competição. 

O Corinthians, que dará chance a uma série de jogadores enquanto Tite descansa seus titulares, de olho na semifinal do Paulistão contra o Audax-SP marcada para o sábado, entrará em campo com perspetivas claras sobre quais são seus possíveis adversários para as oitavas de final da Libertadores. Apenas o Grupo 1, que tem São Paulo, River Plate-ARG e The Strongest-BOL em disputa, será definido depois. 

Confira abaixo cinco motivos para o time de Tite não entrar relaxado em campo:

Casa cheia
É preciso respeitar os torcedores, ainda mais aqueles que compraram ingresso. As entradas para o jogo com o Cobresal se esgotaram com antecedência e deixaram no ar a possibilidade de quebra de recorde da Arena dos jogos de 2016. São 43 mil espectadores aguardados para a noite desta quarta em Itaquera. A maior marca do ano foi de 42.403 contra o Cerro Porteño. 

Mando no mata-mata
Pumas-MEX e Atlético Nacional-COL já estão garantidos à frente do Corinthians no ranking geral de classificados. Toluca-MEX e Atlético-MG também são candidatos a acabar a fase de grupos em vantagem.

Logo, a equipe de Tite precisa da melhor pontuação e saldo de gols possíveis para acabar entre os primeiros colocados de olho na vantagem de decidir em Itaquera eventuais confrontos a partir das quartas de final. A campanha na fase de grupos, vale lembrar, é que determina quem faz a partida de volta como mandante. Em Itaquera, o Corinthians impressiona em 2016 com 11 vitórias em 11 jogos.

De olho no Paulistão
A melhor logística possível para as próximas três semanas foi montada com o pensamento de que o Corinthians terminará em primeiro lugar do Grupo 8, e assim jogará como visitante pelas oitavas de final antes de uma possível decisão do Paulista. Significa que, em caso de vitória contra o Audax no sábado pela semifinal do Estadual, o Corinthians não precisará viajar entre as duas finais contra Santos ou Palmeiras. 

Disputa por posições na equipe
Rodriguinho está de volta de lesão e na briga por um lugar entre os titulares com Guilherme. Já Giovanni Augusto se machucou, o que abriu um lugar no time que pode ser de Alan Mineiro, Romero ou Marlone. Yago tem Balbuena como uma ameaça constante. O contratado Marquinhos Gabriel, logo, também entrará na disputa por uma posição. Tite, que adora essa competição, premiará quem jogar melhor.

Lembra do Guaraní?
Em 2015, isso deu o que falar. O Corinthians perdeu para o São Paulo no encerramento da fase de grupos e, diante da perspectiva de enfrentar o Atlético-MG, se deparou com o Guaraní-PAR no chaveamento. O então diretor de futebol Sérgio Janikian disse que o cruzamento era o melhor entre os possíveis em uma entrevista e acabou demitido sob pressão de torcedores, por esse e outros fatores, após a surpreendente eliminação para a equipe paraguaia.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x COBRESAL-CHI

Data: 20/04/2016
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Competição: Copa Libertadores
Local: Arena Corinthians (SP)
Árbitro: Carlos Orbe Ruíz (Equador)

CORINTHIANS
Cássio; Edilson, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Willians; Romero, Rodriguinho, Maycon e Marlone; Luciano. Treinador: Tite

COBRESAL
Sebastián Cuerdo; Diego Silva, Alexis Salazar, Miguel Escalona e Carlos Oyaneder; Rodrigo Ureña, Víctor Sarabia, Patricio Jerez, Johan Fuentes e Iván Sandoval; Matías Rojas. Treinador: Dalcio Giovagnoli

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos