Atlético-MG tem prazo da Conmebol para escolher estádio do jogo com Racing

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Independência só vai ser usado contra o Racing se o Atlético-MG precisar fazer o resultado na volta

    Independência só vai ser usado contra o Racing se o Atlético-MG precisar fazer o resultado na volta

Pelo regulamento da Copa Libertadores o Atlético-MG tinha até a segunda-feira para escolher em qual estádio mandará o jogo de volta com o Racing, pelas oitavas de final do torneio. Independência ou Mineirão? São as duas opções do clube alvinegro, que conseguiu junto à Conmebol mais alguns dias de prazo até informar o local da partida.

Na Libertadores pela quarta edição consecutiva e campeão em 2013, a diretoria alvinegra goza de bom relacionamento com os dirigentes da entidade máxima do futebol sul-americano. Por se tratar de dois estádios na mesma cidade, o que pouco muda a logística para a equipe visitante, o Atlético conseguiu que o prazo para informar o local do jogo das oitavas fosse prolongado até quinta-feira.

Portanto, somente após o jogo de ida, nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio Cilindro, que o Atlético vai informar qual a sua escolha. Certamente o resultado do primeiro jogo vai pesar na decisão da diretoria. Caso a equipe brasileira tenha um bom resultado, como vitória ou empate com gols, a tendência é que o duelo de volta seja no Mineirão.

Já se o Atlético precisar fazer o resultado, caso seja derrotado na Argentina, mais uma vez o clube brasileiro vai apelar para a mística do Horto, escolhendo assim o Estádio Independência.

"Tem o fator técnico que conta muito. Sei o que aquela rua de fogo é capaz de fazer com os jogadores. Presencio vestiário e a aproximação da torcida. O Independência é mais quente. Jogos que qualquer detalhe seja mais importante para ganhar, eu vou jogar lá. O interesse é ser campeão. Privilegiaremos as vitórias", revelou o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, durante entrevista coletiva no mês de março.

Se para o dirigente atleticano o fator técnico pesa na hora de escolher o estádio, o técnico Diego Aguirre se mostra tranquilo. O treinador alvinegro não tem uma preferência.

"Falo para vocês (imprensa) o mesmo que falei para o presidente. Para mim, tanto faz. A diretoria é que define. Não tenho uma certeza se existe vantagem de jogar ou não em determinado campo. O importante é que o time jogue bem e que esteja preparado".

O duelo de volta entre Atlético e Racing está marcado para o dia 4 de maio, às 21h45, em Belo Horizonte. Pelo menos até quinta-feira, sem um estádio definido. Mineirão ou Independência? Vai depender do que acontecer no gramado do Cilindro, nesta quarta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos