Elias defende 0 a 0 no Uruguai: 'Não tem joguinho bonitinho às vezes'

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / PABLO PORCIUNCULA

    Elias disputa bola com Kevin Ramirez no jogo do Corinthians contra o Nacional-URU, na Libertadores

    Elias disputa bola com Kevin Ramirez no jogo do Corinthians contra o Nacional-URU, na Libertadores

O Corinthians voltou do Uruguai com um empate sem gols diante do Nacional. Com uma postura defensiva em campo e pouco produtivo ofensivamente, o time paulista segurou as investidas do rival. O volante Elias destacou a estratégia alvinegra no 1º jogo das oitavas e aprovou o resultado de 0 a 0.

"É Libertadores. Não tem joguinho bonitinho às vezes", disse o volante, nesta quinta, na chegada a São Paulo.

No Uruguai, o Corinthians teve um índice elevado de posse de bola (em torno de 60%), mas praticamente não criou nada na área adversária (ouça a avaliação de Mauro Beting e Claudio Carsughi sobre o Corinthians no Tabelinha. Clique aqui).

O posicionamento e o rendimento do Corinthians para o jogo em São Paulo deverão ser diferentes, disse Elias.

"O gol não sai naturalmente. É preciso criar e trabalhar. Conseguimos trazer um bom resultado. Esperamos agora contar com a compreensão da torcida e que ela possa ajudar e não atrapalhar na busca do resultado".

Para avançar às quartas de finais, o Corinthians precisa vencer por qualquer placar. Empate com gols classifica o Nacional.

Corinthians e Nacional se enfrentam no dia 4 de maio, em Itaquera.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos