O que esperar de São Paulo x Toluca pela Copa Libertadores

Do UOL, em São Paulo

  • JUAN MABROMATA/AFP

    Sem Calleri, o São Paulo conta com a grande fase de Ganso para avançar na Libertadores

    Sem Calleri, o São Paulo conta com a grande fase de Ganso para avançar na Libertadores

Com vários desfalques e expectativa de público recorde no Morumbi, o São Paulo recebe o Toluca (MEX) nesta quinta-feira (28), às 21h45, pela primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores. O mata-mata vale muito tanto para o Tricolor, que joga para salvar o semestre, como para o rival mexicano, em busca de feito inédito.

A partida de volta será na próxima quarta-feira (4), no estádio do Toluca. Quem avançar no confronto enfrentará nas quartas de final da Libertadores o vencedor de Atlético-MG x Racing (ARG).

Desfalques e uma dúvida no SP

Eduardo Anizelli/Folhapress

Com as expulsões de Denis e Calleri na última rodada da fase de grupos da Libertadores, motivo de desfalques para o jogo contra o Toluca nesta quinta, o técnico Edgardo Bauza optará pela escalação do goleiro Renan Ribeiro, que recuperou-se de lesão a tempo, e do velocista Centurión. Mas por que escalar o tão questionado atacante argentino? A resposta está na condição física de Alan Kardec, que seria o substituto natual de Calleri mas virou dúvida de última hora.

Na manhã desta quarta (27), o atacante acordou indisposto, não treinou com os companheiros e foi encaminhado ao hospital com suspeita virose. Apesar do pouco tempo de recuperação, o São Paulo não descarta a possibilidade de Kardec jogar contra o Toluca. Segundo Bauza, tudo dependerá da evolução do atleta. Além dos suspensos Denis e Calleri e da dúvida em torno de Kardec, o técnico ainda não contará com uma série de lesionados: Breno, Lugano, Carlinhos, João Schmidt, Daniel e Rogério.

Morumbi lotado e pressão tricolor

Eduardo Knapp/Folhapress

Se no começo da temporada, quando mandou parte de seus jogos no Pacaembu, a torcida do São Paulo decepcionou comparecendo em pequeno número aos jogos do time, agora a realidade é diferente. Nesta quinta, ante o Toluca, o Morumbi deve receber o maior público do futebol brasileiro na temporada. A marca pertence ao próprio São Paulo, que levou 51.342 torcedores ao Cícero Pompeu de Toledo na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate há duas semanas.

Até o fim da tarde de quarta, no entanto, o Tricolor já havia vendido mais de 50 mil ingressos – indício de noite de Libertadores com Morumbi lotado. Como de costume nestas situações, espera-se um São Paulo embalado pelos seus torcedores e pressionando o rival do início ao fim, como se viu justamete diante da vitória contra o River Plate.

Toluca busca feito inédito

AP Photo/Christian Palma

O Toluca nunca chegou às quartas de final da Libertadores. Assim, eliminar o São Paulo significará o alcance de feito inédito em sua história, o que tem gerado muita expectativa de torcedores e mídia no México. Adversário difícil fora de casa na fase de grupos (uma vitória, um empate e uma derrota), o time mexicano deve lançar mão de postura mais conservadora no Morumbi, embora o técnico José Cardozo tenha declarado que a equipe buscará ao menos um gol como visitante.

A estratégia explica-se pelo ótimo aproveitamento da equipe com mando de campo, no Nemesio Diez, onde venceu seus três jogos na fase de grupos e é muito difícil de ser derrotado em qualquer competição. Assim como o São Paulo, porém, o Toluca também tem muitos desfalques: o lateral direito Flores, o lateral esquerdo Rodríguez, os meias Botinelli e Ortiz e o atacante Uribe. Além disso, há a dúvida quanto à participação do atacante Trivério, autor de três gols na Libertadores, que viajou com a delegação, treinou nesta quarta no Morumbi e deve ser titular.

Pressão para salvar 1º semestre

AFP PHOTO / AIZAR RALDES

O São Paulo encara o Toluca não só para voltar às quartas de final da Libertadores, como também para salvar o primeiro semestre do clube. Eliminado com derrota por 4 a 1 ante o Audax no Campeonato Paulista e mais uma vez embrenhado nos problemas políticos que se instalaram no clube, o Tricolor precisa avançar para fazer valer seu primeiro semestre. Do contrário, em caso de eliminação, os jogadores verão aumentar a cobrança no vestiário e a pressão interna ao trabalho do técnico Bauza, contratado como perito em Libertadores. São 180 minutos que podem custar ao São Paulo um semestre. E, em última instância, até o emprego do Patón.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X TOLUCA (MEX)

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/Hora: 28 de abril de 2016, às 21h45

Árbitro: Jonathan Fuentes (URU)

Assistentes: Miguel Nievas e Richard Trinidad (ambos do URU)

São Paulo: Renan Ribeiro, Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Thiago Mendes, Hudson e Ganso; Kelvin, Michel Bastos e Centurión (Alan Kardec). Técnico: Edgardo Bauza.

Toluca: Talavera, Silva (Gamboa), Paulo da Silva Galindo e Rojas; Rios, Trejo, Esquivel e Cueva; Vega e Triverio. Técnico: José Cardozo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos