São Paulo pode fazer Robinho não enfrentar o Santos pelo Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • AP Photo/Victor R. Caivano

    Robinho corre para ficar com a bola no jogo do Atlético-MG contra o Racing pela Libertadores

    Robinho corre para ficar com a bola no jogo do Atlético-MG contra o Racing pela Libertadores

Certamente o duelo entre Atlético-MG e Santos é um dos mais aguardados no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Nem um pouco pelo passado recente das duas equipes em campo, mas pela escolha de Robinho em assinar com o clube mineiro e não jogar mais uma vez pelo Santos, clube que o revelou na década passada.

Em março a CBF divulgou a tabela da edição 2016 do Brasileirão e lá estava o duelo entre Atlético e Santos, logo na primeira rodada. Posteriormente a entedie confirmou o jogo para o dia 14 de maio, um sábado, às 18h30, no Independência.

Mas faltando pouco mais de uma semana para o início do Brasileirão, Robinho não tem presença garantida na rodada de abertura. Nada de lesão ou suspensão. É a Libertadores. Como o Atlético segue no torneio, o clube mineiro pode estrear na competição nacional sem seus principais jogadores.

A partida Atlético x Santos está marcada entre os dois confrontos com o São Paulo, pelas quartas de final da Libertadores. Por ser a primeira de 38 rodadas, a chance de o técnico Diego Aguirre não escalar titulares é muito grande. Após o último jogo, contra o Racing, Robinho foi substituído aos 34 minutos do segundo tempo. O atacante reclamou do cansaço e da sequência de jogos.

"A gente agora tem que pensar na final do Mineiro. Uma decisão a cada três dias, eu me senti muito cansado. Primeiro a gente vai pensar em ser campeão Mineiro, com todo respeito ao América, e depois a gente pensa no São Paulo".

Até por isso a presença de Robinho contra o América-MG, pela final do Campeonato Mineiro, é uma dúvida. O atacante foi titular nos últimos quatro jogos do Atlético, disputados com intervalo máximo de três dias entre um e outro. Como a Libertadores é prioridade, o reencontro entre Robinho e Santos pode ficar apenas para o segundo turno, em meados de agosto.

O técnico Diego Aguirre já informou que vai usar força máxima, desde que atrapalhe na sequência da temporada. Assim, se Robinho vai ser titular na decisão ou não, somente uma hora antes do jogo que a imprensa e a torcida vão descobrir.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos