Rosario vence A. Nacional, mas lateral deixa o jogo com suspeita de fratura

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O Rosario Central venceu a primeira partida das quartas de final da Libertadores contra o Atlético Nacional, nesta quinta-feira (12), na Argentina, por 1 a 0. O confronto, no entanto, ficou marcado pela possível fratura na perna do lateral Pinola, dos donos da casa.

Logos aos três minutos de partida, o argentino recebeu uma entrada de Bocanegra, do Atlético Nacional e deixou o gramado chorando muito. Informações inicias apontam para uma possível fratura na tíbia da perna de Pinola.

Dois minutos mais tarde, o Rosario fez o gol da vitória. E foi um golaço. A defesa do Atlético Nacional saiu jogando mal, Montoya recuperou e soltou a bomba de longe para fazer um belo gol.

A vitória por um gol de diferença, no entanto, poderia ser bem maior. Aos 16 minutos do segundo tempo, o goleiro Armani brilhou. Montoya chutou de fora da área, o arqueiro espalmou, Marco Rubén aproveitou o rebote e mais uma vez Armani salvou. Por último, Montoya apareceu novamente e o goleiro fez mais uma grande defesa.

Quase aos 30 minutos, outra boa chance: Herrera recebeu na entrada da área e soltou a bomba. A bola fez uma curva e carimbou a trave de Armani.

As duas equipes voltam a se encontrar na próxima quinta-feira (19), na Colômbia. O Rosario se classificará mesmo perdendo por um gol de diferença, contanto que marque ao menos uma vez. Já o Atlético Nacional precisa de uma vitória por dois gols de vantagem ou mais. Uma vitória colombiana por 1 a 0 levará a partida para os pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos