Bauza indica time, ignora presença de Robinho e espera "árbitro à altura"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thiago Fernandes/UOL Esporte

    Treinador não fez mistério para confirmar qual time do São Paulo vai jogar no Horto

    Treinador não fez mistério para confirmar qual time do São Paulo vai jogar no Horto

O São Paulo está praticamente definido para enfrentar o Atlético-MG nesta quarta-feira (18), no Estádio Independência, pela volta das quartas de final da Copa Libertadores da América, de acordo com Edgardo Bauza. Com o zagueiro Maicon recuperado de dores na coxa, o time paulista só terá uma mudança em relação ao jogo de ida: Michel Bastos retoma a vaga ocupada por Wesley. E o treinador falou também sobre a possível ausência de Robinho na escalação do adversário.

Após atraso de aproximadamente duas horas e trinta minutos na chegada a Belo Horizonte, o treinador, único a conceder entrevista, não fez mistério em relação à equipe que irá a campo.

TABELINHA: JUCA E BIRNER APOSTAM NA PRESENÇA DE ROBINHO CONTRA O SP

Questionado se o time será o mesmo que treinou nessa segunda-feira, quando ainda estavam na capital paulista, o treinador não desviou. "Indicaria que sim, a equipe que treinou que vai jogar. Mas vamos esperar a atividade da tarde para ver", disse.

Outro ponto abordado com Patón foi a possível ausência de Robinho na escalação do Atlético. O atacante deixou o duelo da quarta-feira passada com dor na coxa esquerda e nem sequer treinou nos últimos dias. A sua participação é uma incógnita, mas não preocupa a comissão técnica tricolor. Outra dúvida atleticana está em um dos substitutos dos volantes Júnior Urso e Rafael Carioca, suspensos. Lucas Cândido e Eduardo disputam a vaga para jogar ao lado de Leandro Donizete. 

"Acho que não vai mudar nada (a possível ausência de Robinho na escalação). Temos um plantel, e de acordo com a equipe que treinamos, e assim vamos sair para o estádio", declarou.

O argentino crê que o duelo será parecido com o da semana passada, que terminou com uma vitória de sua equipe por 1 a 0, mas com raríssimas chances de gol. Ele ainda cobrou uma boa arbitragem do uruguaio Andrés Cunha.

"Não, vai ser muito parecido. O que queremos é que o árbitro esteja à altura das circunstâncias, as duas equipes precisam do árbitro, a Conmebol. Esperamos que o árbitro tenha hierarquia, faça boa partida, e que os atletas também façam. Será uma partida disputada", disse. Vale lembrar que o árbitro colombiano Wilmar Roldán foi bastante criticado por conta da atuação no duelo de ida.

Como venceu por 1 a 0 no Morumbi, o São Paulo avança para as semifinais com um empate. Se marcar pelo menos um gol, uma derrota por diferença mínima também servirá para o time paulista.

Para Bauza, vantagem que precisa ser mantida com muita garra diante de um ótimo time que vai impor muitas dificuldades. "Também esperamos fazer boa partida, vamos deixar tudo (em campo). O torcedor pode esperar", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos