Vacinado contra catimba, Atlético já sabe como anular Calleri mais uma vez

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Eduardo Knapp/Folhapress

    Capitão atleticano não quer deixar a bola sequer chegar ao artilheiro do São Paulo

    Capitão atleticano não quer deixar a bola sequer chegar ao artilheiro do São Paulo

Principal referência do ataque são-paulino, Jonathan Calleri será certamente uma das preocupações da defesa atleticana na decisão desta quarta-feira. O argentino, além de artilheiro, é forte também na arte da catimba. Gosta de irritar os zagueiros e pode se transformar em uma arma também para tirar os atleticanos do sério. Mas o time mineiro está pronto para repetir o bom desempenho do último encontro entre os times e anular o camisa 12 do Tricolor. Quem garante é o capitão Leonardo Silva, que conheceu de perto o estilo e temperamento do atacante e traça a estratégia para voltar a se dar bem no duelo pessoal.

"Temos que marcar da mesma maneira que fizemos no Morumbi, ele não teve espaço nem oportunidades. É um jogador catimbeiro, que gosta de fazer contato, mas não gosta de nenhum jogador próximo dele. Vamos fazer a mesma coisa, não dar espaço, não deixar que a bola chegue nele. É um jogador que se posiciona muito bem, gosta de aproveitar as últimas bolas. Então vamos procurar matar isso de novo para que ele não tenha espaço", comentou.

Na vitória sobre o Galo no Morumbi, o São Paulo precisou recorrer à jogadas aéreas para balançar as redes de Victor. Quando chegou por terra, teve pouco sucesso. Artilheiro do time na Libertadores, com oito gol, Calleri só teve uma chance para finalizar, mas não chutou no alvo.

"Agora temos que jogar da maneira que gostamos em casa. Movimentar bastante para sair da marcação, eles vão se defender, jogar por uma bola, mas não podemos dar essa oportunidade para eles", acrescentou Léo Silva.

Vale lembrar que Calleri esteve muito próximo de fechar com o Atlético no início do ano. Porém, o técnico Edgardo Bauza foi o responsável por convencer o atacante a mudar sua rota para o time paulista. No Galo, a outra esperança de gols também vem da Argentina. Lucas Pratto é um dos artilheiros do time no ano, com 10 gols, sendo quatro na Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos