Maicon não foi o único alvo! Blogueiros comentam derrota e falam em milagre

Do UOL, em São Paulo

  • Paulo Whitaker/Reuters

    Expulsão de Maicon complicou o São Paulo no jogo contra o Atlético Nacional

    Expulsão de Maicon complicou o São Paulo no jogo contra o Atlético Nacional

Parte da culpa da derrota para o Atlético Nacional no jogo de ida das semifinais da Libertadores, na última quarta-feira, no Morumbi, pode ser colocada na conta de Maicon, que foi expulso após agredir Borja e abriu caminho para a vitória de 2 a 0 dos colombianos.

Mas foi o zagueiro o único culpado pelo resultado? Os blogueiros do UOL Esporte analisaram – além do cartão vermelho recebido pelo jogador tricolor – detalhes da partida e apontaram quais foram os erros do time do São Paulo. (Ouça também a opinião de Muaro Beting e Menon no Podcast Tabelinha; clique aqui). Confira:

Nelson Almeida/AFP
O técnico Edgardo Bauza

Perrone

Maicon não foi o único culpado pelo desastre no Morumbi, pois o São Paulo não conseguiu abrir o placar quando estava com 11 em campo. A equipe brasileira não foi capaz de sufocar o adversário como precisaria ter feito em casa. Leia mais

PVC

O São Paulo não estava bem no jogo. O Atlético Nacional fazia um segundo tempo com tudo o que planejou. Esperava a hora certa, trocava passes, criava as melhores chances de gol. Leia mais

Menon

Eu acho que Bauza errou em algumas coisas. Ytalo foi mal. Carlinhos poderia fazer mais que Daniel. Quando Maicon foi expulso, ele colocou Hudson e deixou Lugano no banco. Maicon foi muito juvenil. Vestiu a carapuça do xerife e preferiu intimidar. Deu chance para uma expulsão injusta. Leia mais

Juca Kfouri

O São Paulo gastou 22 milhões de reais que não tem para ficar com o zagueiro Maicon e contar com a liderança e a experiência dele nas semifinais da Libertadores. Mas vai sim depender de um milagre. E bote milagre nisso! Leia mais

Rodrigo Mattos

O São Paulo não repetiu a blitz de outras partidas, diante de um adversário bem fechado e que sabia sair tocando a bola para evitar a pressão. Sem Ganso, contundido, ninguém assumia o protagonismo na criação de jogadas são-paulinas, com Wesley, Ytalo e Michel Bastos, mal. Leia mais

Milton Neves

A parada de quase dois meses do torneio continental "quebrou o ritmo" do time do Morumbi. Mas, para falar a verdade, até que o São Paulo foi longe demais nessa Libertadores, não é mesmo? Leia mais

Abílio Diniz

O São Paulo é um time com bons jogadores, mas nesta partida sofreu por não ter um esquema tático que se mostrasse eficiente. Leia mais

Mauro Beting

Bauza não foi feliz. Quase todo o Tricolor também não. Ainda mais infeliz por enfrentar um ótimo time que não sentiu a parada na Libertadores. O que faz quase impossível a parada paulista na Colômbia. Leia mais

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos