El Nacional recorrerá junto à Conmebol após atraso de 1h30 do Atl. Tucumán

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Dolores Ochoa

    Atlético Tucumán teve problemas com o voo e demorou para chegar para o duelo contra o El Nacional

    Atlético Tucumán teve problemas com o voo e demorou para chegar para o duelo contra o El Nacional

O El Nacional protestará junto à Conmebol por causa do ocorrido na partida contra o Atlético Tucumán. Em entrevista ao "TyC Sports", o diretor esportivo do clube equatoriano, Néstor Landetta, afirmou que o time entrará com um protesto formal sobre o fato.

"El Nacional vai reclamar à Conmebol por causa da série de violações ao regulamento que permitiram. Se continuarmos assim, a competição vai se desvalorizar. Nem em partida de bairro se joga assim", afirmou.

O Tucumán teve problemas com o voo para a partida em Quito. O time escolheu fazer a preparação para o duelo em Guayaquil, cidade litorânea do Equador, a fim de minimizar os efeitos da altitude de 2,8 mil metros de Quito, onde o jogo foi realizado.

Ocorre que a empresa aérea chilena contratada para fazer a viagem de Guayaquil a Quito não conseguiu liberação das autoridades locais para decolar e atrasou o voo em cerca de 3 horas. Resultado: os jogadores desembarcaram na capital só às 22h25, e o jogo estava marcado para as 22h15.

"Não acredito que tenha sido negligência da equipe argentina, mas da empresa aérea que foi contratada. A empresa chilena ficou 48 horas no país (Equador) sem agilizar a documentação", completou Landetta.

No duelo, o Atlético Tucumán venceu por 1 a 0 e se classificação para a terceira fase da Copa Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos