Jair faz mistério em ajuste final do Botafogo antes decisão na Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O dia do Botafogo poderia ser de boas notícias. Ou de novidades preocupantes. A verdade, porém, só virá à tona no momento de divulgação da escalação do time para enfrentar o Olímpia-PAR, nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Camilo está confirmado, mas o camisa 10 era apenas uma das peças do quebra-cabeça do misterioso Jair Ventura.

O que mais preocupa é Montillo. O argentino sentiu a coxa direita após um chute de fora da área contra o Colo-colo e foi detectada uma lesão. Ele apareceu em campo nos dois últimos treinamentos, mas sua presença é uma dúvida.

Além do camisa 7, os torcedores ainda não sabem se verão em campo Gatito Fernandes e Rodrigo Pimpão. O goleiro foi poupado do clássico contra o Flamengo, mas treinou normalmente nos demais dias. Já o atacante sentiu dores musculares, o que dificilmente o tirará do duelo. E ainda tem a possível volta de Carli.

Jair Ventura poderia tirar a dúvida, mas preferiu fazer mistério. Nada contra a imprensa, mas faz parte de um objetivo.

"Eu sempre falo que não queremos esconder nada da imprensa ou da torcida, mas temos um adversário que nos estuda. Não seu se o Roque será titular no Olimpia. Já temos uma estratégia. Infelizmente não vou falar não por vocês, mas sim pelo adversário. Camilo e Montillo estão relacionados. Eles têm chances de jogarem juntos ou não", falou sem explicar muito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos