Herói do Botafogo, Gatito dedica classificação a companheiro que o barrou

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Jorge Adorno/Reuters

Barrado pelo técnico Jair Ventura, Gatito Fernandez virou herói na noite desta quarta-feira, em Assunção, no Paraguai. Do banco de reservas, o goleiro viu Helton Leite se machucar. Ele entrou e levou gol que fez a partida ser decidida nos pênaltis. Pegou três das quatro cobranças do Olímpia e classificou o Botafogo.

Na comemoração, Gatito não pensou duas vezes. Correu direto para o banco de reservas e deu um forte abraço em Helton Leite, goleiro que o havia barrado minutos antes.

"Claro que eu não queria entrar nessa situação [lesão de Hélton]. Acreditava na gente, fui abraçar o Helton que foi um reforço grande. O Montillo ficou em casa, o Jefferson, o pessoal que está no departamento médico. Esse grupo é muito forte, muito forte, o cara que entra tem que dar conta dessa situação", comemora Gatito.

"É assim mesmo. Classificamos contra um adversário que joguei contra desde a base, tem uma grande rivalidade, mas é um clube que respeito muito", completou o goleiro.

Agora, o Botafogo faz parte do grupo 1 da competição, ao lado do atual campeão Atlético Nacional-COL, Barcelona de Guayaquil-EQU e Estudiantes-ARG. A primeira rodada será no dia 14 de março, contra os argentinos no Engenhão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos